Ceará-Mirim prorroga 'lockdown' e distribuirá cestas básicas à população

 


A prefeitura de Ceará-Mirim anunciou ontem que o município irá prorrogar os efeitos do decreto que determinou o fechamento do comércio não essencial e repartições públicas até o próximo domingo dia (21), retomando a abertura do comércio a partir da segunda feira (22). O decreto que determinou um 'lockdown' na cidade foi expedido na última terça-feira (9) e vale até esta terça-feira (16).

O novo anúncio prorrogando as medidas de restrições foi feito pelo prefeito Júlio César na noite de ontem (15) pelas redes sociais. O chefe do Executivo municipal considerou o “quadro gravíssimo ocasionado pela Pandemia do COVID 19 e o aumento no número de casos em todo Estado do Rio Grande do Norte e no Município de Ceará-Mirim”.

O prefeito cita ainda como justificativa que não existem leitos de UTI disponíveis e que os hospitais públicos e privados estão superlotados. “Assim ficam suspensas também as feiras livres do próximo sábado 20/03 e domingo 21/03”, escreveu.

O novo Decreto também vai suspender, como medida de enfrentamento à pandemia, qualquer interrupção no fornecimento de água à população durante esse período, bem como a cobrança de IPTU e demais taxas e alvarás enquanto persistirem os efeitos do Decreto.

“Comunicamos ainda que durante essa semana será aberto o Centro de Enfrentamento ao COVID que funcionará no prédio do Centro de Saúde com médicos e demais profissionais da saúde para auxiliar no combate ao COVID 19. No local serão realizados testes swab, bem como serão prestados atendimento à população e distribuição de medicamentos”, acrescentou o prefeito.

A prefeitura também irá contratar novos médicos para o Hospital Percílio Alves, bem como abrirá novos leitos.

“Por fim, comunicamos a todos que determinamos, em caráter de urgência, a aquisição de 1.500 cestas básicas pela Secretaria de Assistência Social do Município para ser distribuídos para os feirantes e autônomos cadastrados na Prefeitura de Ceará Mirim, tanto da cidade como no interior de modo a auxiliar nesse período de restrições impostas em decorrência da COVID 19”, anunciou o prefeito Júlio César.

As despesas, segundo ele, serão custeadas com recursos próprios do Município de Ceará-Mirim.

Nenhum comentário