CDL emite nota contra “lockdown” em Natal e fala em colapso do mercado

 


A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Natal informou nesta terça-feira (16), por meio de nota, que não vai concordar com qualquer tipo de endurecimento das medidas restritivas para combate ao coronavírus na capital potiguar que impactem a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos. Os lojistas afirmam ainda que a culpa pela situação caótica nos hospitais não é do setor produtivo.

A CDL lembra que no ano passado, quando da retomada das atividades econômicas, se comprometeu com os protocolos criados em conjunto com os comitês científicos para uma reabertura gradual e responsável da economia.

“O fechamento de qualquer segmento que vem cumprindo corretamente os protocolos é um movimento injusto e ilegítimo com quem tanto contribuiu nesse momento tão difícil para a sociedade potiguar. O setor produtivo local não deve pagar essa conta”, diz um trecho da nota.

Os lojistas preveem ainda um colapso do mercado com a perda de empregos caso as empresas sejam fechadas.

PORTAL GRANDE PONTO



Nenhum comentário