Governadora vai ao Ministério da Integração solicitar conclusão das obras de transposição de águas do São Francisco

 


A governadora do Rio Grande do Norte, professora Fátima Bezerra se reuniu, nesta quarta-feira (17) com representantes da Frente Parlamentar da Água da Assembleia Legislativa do RN e com deputados da Frente Parlamentar da Água e da Reforma Agrária da Assembleia Legislativa do estado da Paraíba para tratar da conclusão das obras da transposição de águas do rio São Francisco.

"Esta reunião é de grande valor por tratar de segurança hídrica, que representa desenvolvimento humano, social e econômico. Vamos intensificar a mobilização na defesa dos interesses do povo. Lembro que, em 2016, o eixo norte da transposição estava com 94% das obras executadas. Mas, cinco anos depois, ainda não foi concluído", afirmou. "Temos a Frente Interestadual em defesa da Transposição e vamos solicitar audiência com o ministro da Integração Nacional, para tratarmos das obras, inclusive do ramal Apodi/Mossoró que ainda não teve os trabalhos iniciados. Não podemos prescindir deste ramal que vai atender os municípios da região mais seca do Rio Grande do Norte, entre eles a segunda cidade com maior população do estado", justificou.

"A mobilização é fundamental. Governos estaduais, parlamentos, comitês de bacias, igrejas e sociedade devem se somar e se articular para que, de fato, o projeto seja concluído; trazendo água, segurança hídrica e desenvolvimento humano, econômico e social", reforçou Fátima Bezerra.

Para as águas da transposição entrarem no Rio Grande do Norte pelo ramal leste será preciso a reforma da barragem engenheiro Ávidos, na Paraíba, e a recuperação do rio Piranhas em território do estado vizinho para suportar o volume das águas que descerão por gravidade.

"A barragem engenheiro Ávidos é de onde partirão as águas da transposição da Paraíba para o Rio Grande do Norte. Mas, a barragem precisa de recuperação, assim como o leito do rio Piranhas/Açu, que tem muitos barramentos e está assoreado, até as águas chegarem à barragem de Oiticica, em Jucurutu", declarou o deputado Jeová Campos, integrante da Frente Parlamentar da Água e da Reforma Agrária da Assembleia Legislativa Paraíba.


Ele destacou que, como parlamentar e presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano do Senado, “Fátima Bezerra muito se empenhou para a realização das obras de transposição. Fátima foi muito atuante e viemos aqui para continuarmos esta luta".

O deputado Francisco Medeiros, presidente da Frente Parlamentar da Água da Assembleia Legislativa do RN, considerou a importância do somatório de esforços para a conclusão das obras levando benefícios à população de quatro estados. O Secretário dos Recursos Hídricos do RN, João Maria Cavalcanti reconheceu a atuação conjunta dos estados como decisiva para a realização de obras complementares sem as quais não será possível a chegada das águas.


O vice-governador do RN, Antenor Roberto, a secretária adjunto do Gabinete Civil, Socorro Batista e o técnico da Semarh, Paulo Varela acompanharam a governadora na reunião que contou também com os deputados paraibanos Rubens (Buba) Germano e Jaci Severino (Galego) Sousa.

Nenhum comentário