SBT goleia Globo em audiência com transmissão da final da Libertadores


Imagem: reprodução/SBT

A tão aguardada final da Copa Libertadores fez com que o SBT atingisse uma audiência histórica na Grande São Paulo. Enquanto a bola rolava, das 17h01 às 19h02, a emissora foi assistida por mais de cinco milhões de telespectadores — um dos melhores resultados do canal nos últimos 21 anos, e uma das marcas mais altas atingidas pela rede em toda a sua história. Além disso, a transmissão venceu a Globo de lavada: nem mesmo a aposta em flashes do Big Brother Brasil foi capaz de deter a partida entre Palmeiras e Santos.

A Globo tocou o Big Fone apenas no intervalo do jogo, mas não funcionou: em São Paulo, entre 17h57 e 18h, quando o “Plantão BBB” foi exibido, foram 21 pontos do SBT contra 11 do especial do “BBB21”.

Em números, de acordo com os dados prévios, o SBT anotou média de 24,7 pontos enquanto a bola rolava, com share de 41,7%, o que representa que 4 de cada 10 televisores ligados em São Paulo estavam sintonizados na emissora de Silvio Santos. A Globo, em segundo lugar, anotou 11,2, seguida pela soma dos canais pagos (6,5), Record (3,5) e Band (2,4). Nem mesmo a soma de todas as emissoras com aferição em tempo real (24,5) foi o suficiente para bater o jogo. O pico da transmissão foi de 31,5 pontos.

Na final única da última temporada (lembrando que, por causa da pandemia, esta temporada que termina agora ainda é a de 2020), com Flamengo 2 x 1 River Plate, o jogo marcou 33 pontos de média na capital paulista —mesmo com o jogo não envolvendo nenhum time do estado. Foi uma queda de 24,4% na audiência. Em número de expectadores, em 2019 a Globo atingiu um máximo de 8,366 milhões de indivíduos só na capital paulista. O SBT, em 2021, até 6,572 milhões — uma queda de 21% no alcance do público.

Com informações de TV POP e UOL

Nenhum comentário