Prefeitura de Natal anuncia recapeamento e abertura de nova faixa na Avenida Felizardo Moura

 


A Avenida Felizardo Moura, uma das principais vias de acesso à Zona Norte de Natal, passará por obras a partir do segundo semestre. De acordo com a Prefeitura do Natal, a expectativa é de que, até julho, a avenida comece a receber diversas melhorias, incluindo recapeamento asfáltico e abertura de mais uma faixa para o trânsito de veículos. 

No próximo dia 27 de janeiro, a prefeitura abrirá uma licitação para escolher a empresa que fará o projeto executivo. A elaboração do documento, por parte dessa empresa, deverá durar até três meses. Depois disso, as obras terão início – provavelmente em julho. 

Em entrevista ao programa “12 em Ponto”, da 98 FM Natal, o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Carlson Gomes, disse que a Felizardo Moura passará por um processo de reestruturação. 

Além da recuperação do asfalto, ele conta que será feita uma nova drenagem para evitar alagamentos em épocas de chuva. E também está prevista a abertura de mais uma faixa para o tráfego de veículos – hoje, a via tem apenas duas faixas, dividida por veículos de passeio e ônibus. Deverá ser incluída no projeto, ainda, uma melhoria no acesso ao Viaduto da Urbana. 

“Vamos refazer toda a base da Felizardo Moura. Vamos fazer desde a base até a pavimentação. Serão três vias subindo, três vias descendo. Em três meses, o projeto deve estar pronto para que, em julho, tenhamos condições de contratar uma nova empresa para a realização desse serviço, que vai desafogar o trânsito nessa região”, destacou Carlson Gomes. 

Pela Avenida Felizardo Moura, circulam diariamente cerca de 50 mil veículos, de acordo com a Prefeitura do Natal. A via é a única ligação do restante da cidade com a Ponte de Igapó, que é um dos acessos à Zona Norte de Natal. 

A via tem longos congestionamentos nos horários de pico, em função do alto fluxo de carros e ônibus e das condições da pista. Além de a avenida ter apenas duas faixas, o asfalto no local apresenta buracos e imperfeições – o que deixa o tráfego mais lento.

AGORA RN

Nenhum comentário