Mãe lactante é presa por tráfico de drogas e vai ser encarcerada com bebê de 8 meses em Natal

 


Uma mulher de 37 anos foi presa em flagrante na noite de terça-feira (19) no município de Montanhas, no interior do Rio Grande do Norte, e levada para a Central de Flagrantes, em Natal, onde precisou passar a noite antes de ser encaminhada para o sistema penitenciário. Por ser mãe de um bebê de oito meses, que ainda amamenta, o Conselho Tutelar determinou que ela não fosse separada do filho.

"A criança era lactente. Então, nós não podemos separar o bebê da mãe nesse momento. Ela tem três filhos e foi levada com a criança até o Conselho Tutelar. O de 9 anos e o de 14 ficam com o conselho enquanto ela permanece presa, para entregar a guarda para alguém da família", explicou o delegado Frank Albuquerque.

"Mas o bebê, eles não aceitaram. O bebê tinha que acompanhar a presa".

Assim, o bebê precisará ficar com a mãe na detenção. De acordo com a Polícia Civil, a mulher será levada para o Centro de Detenção Provisória Feminino de Parnamirim e em seguida será transferida para cumprir pena no pavilhão feminino do Complexo Penal Dr. João Chaves, na Zona Norte de Natal, que conta com berçário com capacidade para quatro bebês.

"É um procedimento que existe em todo o Brasil para mulheres que são presas com crianças em estado de amamentação", disse o delegado Frank Albuquerque.

A mulher foi presa em flagrante em uma ação da Polícia Civil na cidade de Montanhas, distante 103 quilômetros de Natal, e vai responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Na casa em que ela e outros suspeitos foram detidos, havia drogas e armas de fogo que foram apreendidas pelos policiais.

G1 RN

Nenhum comentário