Bolsonaro sinaliza filiação a novo partido em março

 


O presidente Jair Bolsonaro sinalizou, nesta segunda-feira (25), que a filiação a um novo partido político pode ocorrer em março. Depois de não conseguir tirar o Aliança pelo Brasil do papel, o chefe do Executivo começou a negociar a filiação a uma outra legenda para tentar a reeleição em 2022 e ainda levar aliados para uma nova sigla.

Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada hoje (25), Bolsonaro foi questionado sobre o partido.  “Em março eu decido, ou decola o partido ou vou ter que arranjar outro”, afirmou. “Se não decolar, a gente vai ter que ter outro partido, se não, não temos como nos preparar para as eleições de 2022”.

Bolsonaro saiu do PSL em 2019, após um racha no partido. Parlamentares da legenda ficaram dividos em uma disputa por espaços internos entre o presidente da República e o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar. 

Sem partido, Bolsonaro é assediado pelo Centrão para uma filiação. Os convites partiram de integrantes do Progressistas, Patriota, Republicanos, PL, PTB, . 

Na última quarta-feira (20), o presidente recebeu o senador Jorginho Mello (PL-SC), vice-líder do governo no Congresso, para conversar sobre filiação. Segundo o Estadão/Broadcast, a bancada da sigla no Congresso redigiu uma carta oficializando o convite.

Fonte: Exame

Nenhum comentário