Assembleia aprova projeto de Ezequiel que cria Dia Estadual de Imunização

 

Crédito da Foto: João Gilberto

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou projeto do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), onde fica instituído no âmbito do Estado o "Dia Estadual de Imunização", a ser celebrado no dia 9 de junho, mesma data em que ocorre o Dia Mundial de Imunização. O objetivo é sensibilizar a população da importância da imunização no sentido de prevenir doenças. Com a Lei, o Dia Estadual de Imunização passa a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Rio Grande do Norte.

"O tema é ainda mais importante neste momento, quando o mundo debate o início da vacinação contra a Covid-19. Esse é mais um instrumento de divulgação da importância da imunização enquanto mecanismo capaz de prevenir doenças. Acreditamos ser fundamental sensibilizar a população para acompanhar e participar das campanhas de imunização, visto que, muitas pessoas ainda deixam de comparecer aos postos de saúde para atualizar a carteira de vacinação", disse Ezequiel na justificativa do projeto.

A imunização, através da aquisição de proteção imunológica, confere ao organismo resistência contra certas enfermidades infecciosas. No Brasil foi criado, em 18 de setembro de 1973, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) tendo como missão erradicar ou manter sob controle todas as doenças que podem ser erradicadas ou controladas por meio de vacinas. Esse programa faz parte das ações de todos os governos como forma de inclusão social mediante assistência às pessoas em todos os lugares do país, sem fazer acepção de pessoas.

"Graças à vacinação, houve uma queda drástica na incidência de doenças que costumavam matar milhares de pessoas todos os anos até a metade do século passado - como coqueluche, sarampo, poliomielite e rubéola. Mas, mesmo estando sob controle hoje em dia, elas podem rapidamente voltar a se tornar uma epidemia caso as pessoas parem de se vacinar, a exemplo do sarampo, que já apresentou alguns casos em nosso Estado", enfatiza o deputado.

Ainda de acordo com Ezequiel, "com essa medida, esperamos contribuir com mais ações para a erradicação e controle dos riscos de transmissão de certas doenças que podem ser prevenidas simplesmente com a vacina".

Nenhum comentário