10 capitais brasileiras registram aumento de casos de síndrome respiratória aguda grave

Dez capitais brasileiras registram aumento nos casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG): Rio Branco, Belo Horizonte, Florianópolis, João Pessoa, Natal, Brasília, São Luís, Vitória, Goiânia e Palmas.

O mapeamento da Fiocruz aponta que é possível que os casos desse tipo de doença estejam crescendo no Brasil. O apagão de dados que atingiu a rede do Ministério da Saúde, há cerca de duas semanas, também pode ter prejudicado as estimativas do boletim.


BAND NEWS

Nenhum comentário