Deputados destacam ações do mandato e fazem cobranças ao Governo do RN

 


Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (28), no horário destinado aos deputados, os servidores públicos foram parabenizados pelo seu dia; destacou-se a importância de os gestores públicos deixarem de lado desavenças políticas para vencer a Covid-19 e foi solicitado mais policiamento para impedir atos de ameaça e violência nas campanhas eleitorais.  

Primeiro a discursar no horário, Vivaldo Costa (PSD) homenageou os servidores públicos pelo seu dia e pediu aos agentes políticos que priorizem a Saúde e não a Política no combate à Covid-19.

“Hoje eu quero prestar minha homenagem ao funcionalismo público do Rio Grande do Norte pelo seu dia 28 de outubro. Lembro que entrei como servidor público no cargo mais humilde, o de Auxiliar de Serviços Gerais. E sempre tive um olhar diferenciado para os servidores públicos. Quando fui prefeito de Caicó, fui considerado o prefeito que cuidou dos servidores; e quando governei o RN por nove meses, protegi o funcionalismo da maneira que eu pude”, destacou. 

Segundo Vivaldo, seu mandato criou a Academia de Polícia Militar Milton Freire, que era um sonho dos militares estaduais. “Também criamos, em Caicó, o 5º Batalhão da PM Governador Dinarte Mariz, outro sonho da categoria. Além disso, concedi à classe médica um aumento para 10 salários mínimos quando eles ganhavam apenas três. E a implantação do Regime Jurídico Único foi feita no meu governo. Por tudo isso, até hoje eu sou lembrado como o governante que não esqueceu o funcionalismo público. Quero, então, levar o meu abraço a cada servidor público do Rio Grande do Norte”, disse.

Outro assunto levantado pelo parlamentar foi o do enfrentamento ao novo Coronavírus. “A gente tem que discutir esse tema, porque é questão de vida ou morte. Nós temos hoje uma população de idosos em quarentena há muitos meses esperando pela vacina. E infelizmente estão politizando tudo neste País. É a vacina de Bolsonaro ou a do governador João Dória. Não existe isso na ciência. Nós temos que garantir à população brasileira a vacina eficiente e que chegue o mais rápido possível. Não tem necessidade de estar nessa politicagem barata. Portanto, o apelo que eu faço aqui é a do bom senso dos homens públicos de todo o Brasil. Vamos deixar de politizar”, pediu Vivaldo Costa.

Na sequência, a deputada Eudiane Macedo (Republicanos) reforçou seus pleitos constantes para a Central do Cidadão de Ceará-Mirim e da Zona Norte de Natal.

“Nós protocolamos requerimentos e estamos sempre fazendo pronunciamentos em relação à Central do Cidadão de Ceará-Mirim. Um prédio que foi entregue pelo governo anterior, em 2018, mas a Central ainda funciona num edifício alugado. Eu estive lá e vi que o imóvel próprio já está pronto para ser utilizado não só pelos moradores de Ceará-Mirim, mas também por toda a região do Mato Grande. Por isso eu faço um apelo ao Governo do Estado para que coloque em prática os atendimentos no prédio que pertence realmente ao órgão, trazendo atendimento de qualidade e gerando economia aos cofres públicos”, frisou.

A respeito da Central do Cidadão da zona Norte de Natal, Eudiane disse que as obras estavam em andamento, mas ainda estão longe de ser concluídas. “Eu peço aqui para que os trabalhos continuem e a central fique pronta em breve, pois ela irá beneficiar os quase 500 mil habitantes da zona Norte. Nós merecemos ter um prédio com estrutura adequada para atender a todos com qualidade”, requisitou a parlamentar.

Eudiane destacou também que, por solicitação do seu mandato, foi entregue uma viatura da PM para reforçar o policiamento ostensivo do município de Boa Saúde.  “Quero agradecer ao comandante Alarico e à Mendonça por toda dedicação e comprometimento que vêm demonstrando em relação às nossas demandas. Eu sempre estou visitando as secretarias, conversando e reivindicando o melhor para o povo do Rio Grande do Norte. Não fico somente dentro dos gabinetes. Muito pelo contrário, quem conhece nosso mandato sabe que somos muito operacionais, a gente vai ‘in loco’”, disse. 

Por fim, a deputada enfatizou que nos últimos dias está visitando muitas cidades. “Estou conhecendo muitas realidades que, sendo sincera, eu ainda não conhecia. Mas agora estou tendo a oportunidade de ver de perto as demandas da população e levando para os secretários. Estamos sempre cobrando, reivindicando, falando com a população e tentando levar suas necessidades para o Governo do Estado, porque estamos aqui para prestar esse serviço para a zona Norte de Natal e o nosso Rio Grande do Norte como um todo”, concluiu. 

Em seguida, o deputado Coronel Azevedo (PSC) enalteceu mais um investimento realizado pelo Governo Federal, em prol da volta às aulas presenciais das escolas públicas, na pandemia.

“Graças ao Governo Bolsonaro a Educação está sendo mais uma vez contemplada para o planejamento de volta às aulas nas unidades públicas que não retornaram ainda. O Ministério da Educação liberou mais R$ 90 milhões, por meio do Programa Dinheiro Direto da Escola, para apoiar o retorno presencial e seguro das escolas do ensino básico. Os recursos se somam ao repasse inicial de R$ 525 milhões, totalizando R$615 milhões, que serão alocados a 117 mil escolas públicas municipais, estaduais e distritais”, informou. 

De acordo com o parlamentar, os recursos serão utilizados para que sejam adquiridos e contratados serviços e equipamentos necessários para implementar os protocolos de segurança e auxiliar no retorno das atividades presenciais. 

“O Ministério da Educação também apresentou o ‘Guia de Retorno de Atividades Presenciais’, que reúne normas técnicas de segurança em Saúde e recomendações para ações sociais e pedagógicas a serem observadas pela comunidade escolar. A decisão de retorno às atividades presenciais deve ser tomada por cada localidade, de acordo com a orientação das suas autoridades sanitárias. O presidente Jair Bolsonaro está fazendo a parte dele, investindo mais e mais, sem olhar a quem, pois para ele o que vale é o bem-estar de todos os seus compatriotas”, exaltou. 

Finalizando sua fala, Coronel Azevedo falou novamente sobre os casos de ameaça e violência envolvendo as eleições municipais. “Eu quero voltar ao assunto que foi abordado ontem no meu pronunciamento. É a situação de tensão que está amedrontando os cidadãos de São Pedro do Potengi. O filho do atual prefeito promoveu algumas ameaças. O vereador Zé da Caçamba fez o Boletim de Ocorrência, e eu estive lá com o secretário Coronel Araújo pedindo providências. Nós estamos atentos e querendo que o povo decida de maneira tranquila e sem ameaças para quem vai entregar a gestão municipal de São Pedro do Potengi”, reforçou.

Último a se pronunciar no horário dos deputados, Ubaldo Fernandes (PL) apoiou a fala do Coronel Azevedo. “Eu quero novamente falar sobre as eleições municipais. Sei que já está ficando repetitivo, mas é que, em algumas cidades, ainda estão sendo detectados atos que não contribuem com a democracia. Nós temos que ficar atentos. Inclusive, o aparelhamento da Segurança Pública do RN precisa tomar medidas enérgicas o mais rápido possível, para que não aconteça algo mais grave”, alertou. 

Segundo o parlamentar, alguns municípios viraram “campos de batalha”, como é o caso de São Pedro do Potengi.  “Isso não pode acontecer. Em alguns casos, os adversários não podem realizar movimentos públicos que a confusão está formada. Em São Pedro do Potengi, por exemplo, há uma disputa muito acirrada entre os candidatos. Nós já tomamos conhecimento de que os apoiadores estão partindo para brigas, e isso nos preocupa muito”, relatou. 

Para Ubaldo, é essencial que as eleições sejam tranquilas e harmoniosas. “Estamos cobrando do Governo do Estado que providencie um policiamento mais ostensivo nos municípios com mais relatos de violência, devido ao acirramento das campanhas eleitorais. Precisamos que haja um plano de ação não só para o dia da eleição, mas também para essa reta final da campanha, porque isso tudo mancha a democracia do nosso Estado. O secretário pode até pedir apoio às Forças Armadas se preciso, porque já existe uma portaria nesse sentido. O importante é que se aumente o policiamento, a fim de coibir esses atos que vêm trazendo transtorno e insegurança para os cidadãos do RN”, concluiu.

Nenhum comentário