Sesap reverte leitos de UTI Covid-19 no Hospital João Machado


Observando o cenário de redução no número de casos confirmados e de óbitos decorrentes da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) dá continuidade ao plano de transferência gradativa de leitos de UTI Covid para atendimento de outras patologias. Depois de realizar a reversão dos leitos nos Hospitais Tarcísio Maia e Rafael Fernandes, no município de Mossoró, desta vez, a mudança contemplou o Hospital João Machado, localizado em Natal.
Com a taxa de ocupação em torno de 35% na região Metropolitana, o Hospital João Machado (HJM) reverteu 10 leitos de UTI Covid geridos pelo Estado, transformado em leitos clínicos e que servem como retaguarda para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Além desses, outros 12 leitos clínicos também foram revertidos para retaguarda da unidade referência em trauma do Estado.
A partir da mudança, o Hospital João Machado conta com 20 leitos de UTI Covid, administrados pela empresa Avante, 8 leitos de isolamento para pacientes da psiquiatria com suspeita ou confirmação para a Covid-19, além dos 25 clínicos para retaguarda do Walfredo e, como segurança, 7 leitos de isolamento na Clínica Médica também estão disponíveis para casos suspeitos de pessoas com o novo coronavírus que venham a aparecer entre os pacientes recebidos pelo Walfredo Gurgel e necessitem de isolamento até a definição sobre o diagnóstico.
Segundo a diretora interina do HJM, Lívia Garcia, “a alteração se deu nos leitos de UTI e enfermaria Covid que se encontravam com baixa taxa de ocupação. Com a mudança, conseguimos transformar 22 leitos, entre UTI e clínicos, em 25 leitos enfermaria de retaguarda para o Hospital Walfredo Gurgel, que necessita, nesse momento, de suporte devido à alta demanda”.
De acordo com o secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, a reversão dos leitos é uma alternativa para solucionar o problema recorrente de lotação no Walfredo Gurgel. “A unidade começou a receber pacientes, em sua maioria da ortopedia, aguardando cirurgia, ajudando a desafogar a unidade referência de trauma do Estado”, explicou.
Mudança de Leitos
Em agosto, a Sesap deu início à mudança no perfil dos leitos de UTI para outras patologias, em Mossoró, na região Oeste. No Hospital Tarcísio Maia, 9 leitos destinados ao trauma e diversas patologias passaram a atender pacientes Covid com perfil da unidade, e 20 leitos que realizavam atendimento Covid, foram convertidos em leitos de UTI geral.
Já o Hospital Rafael Fernandes, dos 18 leitos Covid clínicos, 8 estão sendo destinados para atendimento de outras patologias, permitindo ao Hospital Rafael Fernandes voltar a ter leitos de retaguarda para o Tarcísio Maia, além de doenças infectocontagiosas.
Leitos do Hospital João Machado (Covid-19 e de retaguarda) após a reversão:
•        20 leitos de UTI’s Covid geridos pela empresa Avante;
•        25 leitos de Clínica Médica para pacientes não Covid provenientes do Hospital Walfredo Gurgel;
•        08 leitos de isolamento para pacientes da psiquiatria com suspeita ou confirmação para o novo Coronavírus;
•        07 leitos de isolamento na Clínica Médica para possíveis casos suspeitos que possam surgir.

Nenhum comentário