Homem de 30 anos é preso suspeito de estupro na zona Norte de Natal

 


Um homem de 30 anos foi preso nesta quinta-feira (16) suspeito da prática do crime de estupro, cometido contra uma mulher de 18 anos. Policiais civis da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) Zona Norte realizaram a prisão no município de Extremoz, na Grande Natal.

O crime ocorreu no dia 15 de abril deste ano, na zona Norte de Natal. A vítima conheceu o suspeito por meio de uma rede social, em um grupo de compra e venda de aparelhos celulares. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito marcou um encontro após se interessar pelo celular que a vítima estava comercializando. O homem fingiu estar armado e a mulher foi obrigada a subir na moto dele. O acusado levou a vítima para uma rua esquisita, sem iluminação e rodeada por um matagal, onde abusou sexualmente dela.

Segundo as investigações, o homem usou preservativo e deixou no local do crime. O material genético dele foi recolhido no preservativo, que está no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). Ao ser preso nesta quinta-feira, foi coletada amostra genética dele. A Polícia Civil disse ainda que a vítima já havia feito o reconhecimento fotográfico e, após a prisão, realizou o reconhecimento pessoal.

Ao longo do processo investigativo foi constatado que o suspeito utilizou perfis falsos: inicialmente apresentado como "Junio Cesar Silva" e, depois, "Rafinha Silva". A DEAM Zona Norte orienta que, caso algum desses perfis tenha entrado em contato com alguma vítima e ela também tenha sido abusada sexualmente, procurem a unidade.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da justiça.

G1 RN

Nenhum comentário