Governadora diz que 5 de outubro é 'apenas uma previsão' de retorno das aulas presenciais no RN


A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, usou uma rede social para explicar que a data de 5 de outubro para a retomada das aulas presenciais no estado, anunciada nesta quinta-feira (3), pelo secretário de Educação, Getúlio Marques, é "apenas uma previsão". Segundo ela, "o possível retorno ainda depende de cumprimentos de protocolos de biossegurança".

Na postagem, a governadora disse ainda que a "prioridade de retorno será para alunos de séries finais (9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio) e limitada 30% dos alunos totais de um estabelecimento escolar".

As aulas presenciais no estado estão suspensas desde o dia 18 de março, por causa da pandemia do novo coronavírus. Fátima Bezerra lembra que "um novo decreto estadual irá sair na próxima semana e o Comitê Cientifico recomendará os protocolos de retomada que deverão ser seguidos pelas redes de ensino".

Plano prevê retomada das aulas presenciais com 30% dos alunos e rodízio de turmas no RN
Segundo a governadora, o dia 5 de outubro é "uma data de referência para o retorno das aulas presenciais nas redes pública e particular, duas semanas a mais do que está descrito no decreto atual (que previa uma possibilidade do retorno das atividades escolares de forma presencial para 18 de setembro)".

Fátima reforça que "a retomada depende do cumprimento, por parte dos estabelecimentos escolares, de protocolos sanitários definidos pelas secretarias de Saúde e Educação, com base na recomendação do comitê científico local".

G1 RN

Nenhum comentário