Fiscalização conjunta orienta motoristas de veículos 4x4 em Genipabu

 


Com o objetivo de orientar os frequentadores da praia de Genipabu, a equipe de fiscalização do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, da Secretaria de Meio Ambiente de Extremoz, Secretaria Municipal de Turismo, Companhia Independente de Proteção Ambiental (Cipam) e Guarda Municipal de Extremoz, realizaram durante o fim de semana uma operação no combate ao tráfego de veículos 4x4 nas dunas de Genipabu.

A equipe da Prefeitura atuou na faixa de areia, a fim de combater o tráfego na orla da praia de Genipabu e de acordo com os fiscais não houve nenhuma notificação durante a operação. 

A circulação de veículos não credenciados na Área de Proteção Ambiental de Genipabu (APAJ) está proibida desde 2006. A medida atende a resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONEMA) – 01/2006 - (Decreto Nº 19.346 de 12 de Setembro de 2006), e tem o intuito de preservar as dunas e conservar os recursos naturais, prevalecendo as condições naturais da Unidade de Conservação. Somente podem circular nas dunas de Jenipabu, veículos credenciados pela Secretaria de Estado do Turismo – SETUR, e carros oficiais a serviço.

O artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é usado pelo Detran do Rio Grande do Norte para autuar motoristas que transitam em locais proibidos. Considerada uma infração média, a penalidade para quem for autuado é de multa e o condutor ainda perde quatro pontos na carteira de habilitação.

No último fim de semana ocorreu um acidente com esse tipo de veículo em uma área de duna, no Litoral Sul, em Búzios, no município de Nísia Floresta. O motorista, natural de Recife, ao chegar ao topo da duna, tentou fazer uma curva à esquerda, mas perdeu o controle do carro. O Idema se preocupa com o risco de realização de atividades em áreas sensíveis, e que é comum encontrar pessoas com carros nesses locais. “O Idema é responsável por autorizar a realização de eventos Off-Road, mas para isso o condutor ou organizador do evento precisa solicitar ao órgão ambiental autorização especial, pois existem regras a serem seguidas, como por exemplo o traçado do trajeto, as coordenadas e sinalização do trecho a ser utilizado”, finaliza Leon.

APAJ

A Área de Proteção Ambiental Genipabu foi criada através do Decreto Estadual N° 12.620 de 17 de Maio de 1995, com o objetivo de ordenar o uso, proteger e preservar os ecossistemas de praias mata atlântica e manguezal, lagoas, rios e demais recursos hídricos, dunas e espécies vegetais e animais presentes nos municípios de Natal e Extremoz. Com uma área de 1.881 hectares, a APA Genipabu, assegura a preservação ambiental de uma área de tabuleiros, dunas, bem como o importante Complexo Dunar de Genipabu, região com intensa atividade turística.


Com informações do Idema/RN e Prefeitura de Extremoz

Nenhum comentário