Eudiane Macedo cobra adoção de medidas de biossegurança na educação pública

 


A deputada Eudiane Macedo (Republicanos) demonstrou preocupação com o anúncio do retorno das aulas presencias apenas para o ano de 2021, feito pela Prefeitura de Natal e Governo do Estado. A parlamentar destacou os efeitos colaterais da manutenção das aulas remotas e pediu a adoção dos mesmos protocolos de biossegurança que estão sendo exigidos das escolas particulares, para as instituições de ensino da rede pública.


“Eu reconheço que o Governo está tendo cautela e cuidado quando se fala do retorno às aulas. Infelizmente foi anunciado que o retorno só aconteceria a partir de 2021. É muito preocupante esse fato a partir do momento que, muitas mães são chefes de famílias e estão pedindo demissão para cuidar dos filhos. Pois nem todas as famílias têm condições, o privilégio de deixar o filho em casa para trabalhar”, observou.


Eudiane Macedo destacou a importância e necessidade do retorno das aulas também nas escolas públicas. “É falha do governo a partir do momento que, assim como as escolas privadas, deveriam estar se adequando à esse protocolo de biossegurança, desde o início da discussão de retorno das aulas”, apontou. 


A deputada citou as imagens de aglomerações em diversos pontos da cidade, registradas no fim de semana passado, e questionou o motivo que leva as escolas a permanecerem fechadas. "Peço que seja implantado esse protocolo de biossegurança também dentro das escolas públicas. Temos que trabalhar com bom senso. As nossas escolas não podem só permanecer dentro das residências. Imagina a situação de uma criança, trancada dentro de uma casa pequena, um apartamento pequeno, sem possibilidade de lazer, desde o mês de março”, analisou Eudiane Macedo.

Nenhum comentário