Comitê da Educação do RN elabora documento com diretrizes para retorno das aulas


Uma versão do documento com diretrizes para retomada das atividades presenciais nas escolas para inclusão pelo Comitê de Educação para Gestão das Ações de Combate à Pandemia da Covid-19 e entregue ao Comitê Governamental de Gestão da Emergência em Saúde Pública. O objetivo é contribuir para a elaboração de protocolos com orientações normativo-pedagógicas e de biossegurança em todos os Sistemas Estaduais e Municipais de Ensino do Rio Grande do Norte.
Formado por instituições e instituições públicas e ligadas ligadas ao ensino potiguar, o Comitê da Educação iniciou como requisito para fazer o documento na segunda quinzena de julho. “Nós trabalhamos como referências para que os sistemas de ensino possam realizar seus protocolos e retornar como atividades presenciais com segurança. Caberá ao Comitê de Saúde dizer quando será o momento seguro para voltarmos às aulas. Quando isso acontecer, uma governadora deverá ter como instrumento orientador o Documento ou entregue ”, explica Getúlio Marques, titular da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer, órgão responsável pela coordenação do Comitê da Educação. 
Além do trabalho das equipes de cada órgão ou entidade envolvida, o documento contado com as sugestões da comunidade escolar e da sociedade em geral que, por meio de chamada pública, submeteram suas contribuições. Foram propostas propostas de modificações, supressões, reflexões e acréscimos, encaminhadas por profissionais da educação, servidores técnicos, estudantes, famílias, demais profissionais e membros do próprio Comitê, profissionais da saúde e da sociedade em geral.
O documento oferece sistema de governança e gestão das ações de planejamento para retomada, em todas as redes de ensino e unidades escolares, bem como as normas educacionais que fundamentam a educação nacional e asseguram os princípios de qualidade e equidade. Está organizado, ainda, em duas partes inter-relacionadas, contendo eixos e diretrizes com propostas para as duas dimensões: 1) Normativa-pedagógica; 2) Biossegurança. Finalizando, o documento apresenta orientações quanto à comunicação popular e comunitária, alertando para uma ampla participação e o diálogo intersetorial e social.
O Comitê da Educação é formado pelos seguintes órgãos e entidades: a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer, que coordena as atividades do comitê, o Conselho Estadual de Educação, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação do RN, o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do RN, a União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação do RN, o Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, a Secretaria Municipal de Educação de Natal, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN, o Fórum Estadual de Educação do RN, a Associação de Política e Administração da Educação do RN, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a União Estadual dos Estudantes do Rio Grande do Norte,a Rede de Grêmios do Instituto Federal de Ciência, Tecnologia e Educação do RN e a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do RN.
O Comitê Científico ainda não deu o parecer sobre o retorno das aulas. Uma enquete foi lançada pelo Governo do Estado para saber a opinião da sociedade quanto à volta às aulas presenciais ainda em 2020. Veja como votar.

Nenhum comentário