Candidatos do RN declaram galinhas, burro, paredão de som, celular e bicicleta; veja outros bens informados à Justiça Eleitoral

 


Casas, apartamentos, dinheiro, contas bancárias, prédios comerciais, fazendas ou sítios, rebanhos, veículos e embarcações, empresas e ações. Segundo dados da Justiça Eleitoral, juntos, os mais de 10 mil candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador no Rio Grande do Norte declararam bens que superam R$ 1 bilhão em 2020.

Há ricos e outros que não têm nada. Mas alguns candidatos chamam atenção por serem específicos demais na declaração das suas posses. Na lista, há itens curiosos como galinhas, um burro, paredões de som, bicicletas, celular e até aparelhos para exames médicos, como um ultrassom.

Um candidato de Extremoz registrou a posse de três galinhas polonesas, que, segundo ele, custam R$ 300. Também há pelo menos outros quatro candidatos que disseram ter entre 50 e 60 galinhas, cada.

Outro candidato, dessa vez de Martins, registrou uma bicicleta de R$ 100, enquanto outros cinco declararam "magrelas" mais caras, superando até os R$ 2 mil.

Um concorrente de Triunfo Potiguar declarou à Justiça o seu aparelho celular e um computador. Já em Galinhos, um dos candidatos listou sua rede de pesca.


G1 RN

Nenhum comentário