Atividades em universidades privadas serão autorizadas a voltar no dia 05 de outubro

As aulas práticas e os estágios para os alunos das instituições privadas de ensino superior da capital potiguar retornarão no próximo dia 05 de outubro. A decisão foi anunciada pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, em reunião ocorrida nesta quinta-feira (17), no salão nobre do Palácio Felipe Camarão, com representantes das Universidades.

Para autorizar o retorno, a Prefeitura exige que as instituições se comprometam a adotar um rígido protocolo de biossegurança para proteger alunos, docentes e funcionários, bem como sigam ofertando a opção de aulas remotas para aqueles que não optarem pelo retorno ao modo presencial. O decreto municipal com as medidas válidas para o setor será publicado na próxima semana.

Além disso, a Prefeitura solicita que as entidades entreguem um estudo com a expectativa de quantos alunos devem retornar às aulas práticas e estágios para que a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) reforce o sistema de transporte público da capital potiguar para absorver a demanda.

No encontro, o prefeito Álvaro Dias fez um balanço sobre as ações da gestão para combater e conter o avanço do novo coronavírus na cidade. Ele citou a montagem do Hospital de Campanha, com 20 leitos de UTI e 100 leitos clínicos, a ampliação das UTIs do Hospital Público Municipal, o reforço no atendimento das Unidades de Pronto Atendimento, a realização de ações de testagem em massa, a implementação de três Centros de Enfrentamento à Covid-19 e a adoção do protocolo medicamentoso para tratamento precoce da população.

“As nossas ações foram muito acertadas. Estamos chegando à 13ª semana consecutiva de redução de casos, número de leitos ocupados, taxa de transmissibilidade e confirmação de óbitos. Estamos vencendo essa guerra, mas não podemos e nem vamos relaxar. Seguiremos com as iniciativas de reforço na fiscalização para que as medidas previstas nos decretos municipais sejam cumpridas”, destacou Álvaro Dias.

Os representantes das instituições de ensino informaram que já dispõem do protocolo de biossegurança pronto e suas instalações já estão adequadas para o retorno das atividades, reforçando que a retomada é essencial para a formação dos novos profissionais, já que os estágios são obrigatórios para a conclusão dos cursos.

Nenhum comentário