Número de mortos por explosão em Beirute sobe para mais de 50


REUTERS/Mohamed Azakir/Direitos reservados


O número de mortos em razão de uma grande explosão em Beirute nesta terça-feira aumentou para mais de 50, e mais de 2.700 pessoas ficaram feridos, informou o ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasssan, em comentários televisionados.

O ministro havia dito, anteriormente, que mais de 25 pessoas tinham morrido e mais de 2.500 estavam feridas.
O primeiro ministro do Líbano, Hassan Diab, disse que os responsáveis ​​por uma explosão em um armazém "perigoso" na área portuária de Beirute, que abalou vários pontos da capital libanesa, vão pagar ou preço.

"Eu prometo a você que essa catástrofe não passará sem responsabilidade. Os responsáveis ​​pelo pagamento ou preço", disse ele em um discurso televisivo.

"Os fatos sobre esse armazém perigoso, que existe desde 2014, serão anunciados e não serão antecipados como investigações", adicionados.

Nenhum comentário