Governo quer lançar programa habitacional Casa Verde Amarela semana que vem


O governo federal estuda baixar as taxas de juros dos financiamentos para a compra de moradias do Casa Verde Amarela, programa que substituirá o Minha Casa Minha Vida.

O programa deve ser lançado na próxima 3ª feira (25.ago.2020). O anúncio foi feito pelos ministros Paulo Guedes (Economia) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) na noite desta 4ª feira (19.ago).

Ao menos 1 milhão de famílias de baixa renda serão beneficiadas com a reformulação, segundo o governo.

“Temos que comemorar a dádiva da taxa de juros de 2% ao ano. É a menor da história, o que nos permite fazer 1 plano habitacional sem recursos novos. Estamos apenas redirecionando recursos e modulando taxa de juros”, disse Marinho, na portaria do Ministério da Economia.
Para Guedes, a medida vem em boa hora. Ele afirmou que o setor da construção civil ajuda na recuperação econômica. “Estamos todos embaixo do mesmo teto, sem dinheiro novo”.

A fonte de recursos para o programa é o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Marinho falou que o governo irá propor uma redução no rendimento do fundo. Com isso, haverá mais recursos para o programa. No ano passado, o FGTS rendeu 4,9%, acima da inflação e da taxa básica de juros.

Outra intenção do governo com o programa é melhorar a popularidade de Jair Bolsonaro. O programa Minha Casa Minha Vida foi criado em governos do PT –partido com grande número de apoiadores na região. Bolsonaro quer turbinar a iniciativa no Nordeste e, possivelmente, herdar votos das camadas mais pobres daquela região.

Nenhum comentário