Caern começa a atender também pelo WhatsApp


A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) ampliou seu canal de comunicação nesta segunda-feira (24), iniciou um ofertar de serviço de atendimento também pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. Para acessar, o usuário precisa apenas salvar o número (84) 98137-2343 na agenda e ter mais uma opção de contato na palma da mão.
De acordo com a Caern, pelo aplicativo, será possível ter acesso a serviços que são ofertados também pela Agência Virtual. Outra novidade que vem com o perfil do Whatsapp é o retorno do assistente virtual da Caern, Caren, que desde o dia 24 de junho vinha passando por adequações para esse novo momento. Caren estará presente no Whatsapp, onde o consumidor tem acesso à solicitação de serviços.
Para permitir a ampliação dessa presença virtual no atendimento, o setor de TI da Caern atuou no preparo do ambiente e ferramentas de serviço ao serviço. “Nós aprovamos uma estrutura que tínhamos construído para a Agência Virtual, um fim de gerar uma integração que um Caern precisava para virtualizar seus processos”, explicou Sáskya Gurgel, coordenadora da Unidade de Sistemas Comerciais da companhia.
Com isso, foi possível disponibilizar uma tecnologia de integração que a empresa contratada por licitação pudesse operar o chatbot nos atendimentos online. O chatbot é um sistema de inteligência artificial que simula uma conversa sem a necessidade de intervenção humana nos diálogos. Com uma estrutura construída, o chatbot pode receber demandas e ter acesso à base de informações do Caern.
Desde o último dia 15 de julho, a Caern retomou suas atividades presenciais de atendimento ao público, com os cuidados que o atual cenário de pandemia exige, e organizando uma fase presencial por meio de agendamento. “A Companhia reafirma que todos os serviços deertados podem ser realizados pelo modo virtual, sem necessidade de comparecimento às unidades, o que só deve ser feito em casos de excepcionalidade”, conclui Samara Mendes, Gerente de Relacionamento com Clientes.

Nenhum comentário