Vivaldo Costa defende tratamento sugerido pela OMS para combate à Covid-19

Crédito da Foto: Eduardo Maia
 
Em pronunciamento durante a sessão remota da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (28), o deputado Vivaldo Costa (PSD) destacou as orientações que vêm sendo feitas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o uso de anti-inflamatórios e oxigênio no tratamento da Covid-19 em pacientes em estado grave. De acordo com o parlamentar, o tratamento precisa ser melhor difundido à sociedade.

“Acredito na ciência e na OMS, que tem muita experiência sobre todas as doenças, principalmente a Covid-19. A Organização ensina para o mundo todo que existe uma combinação eficiente para tratamento dos casos graves da doença: o corticoide e o oxigênio, que quando aplicados no paciente têm obtido bons resultados, podendo evitar muitas mortes”, disse Vivaldo.

Ainda de acordo com ele, muitas informações sobre tratamentos e substâncias têm sido veiculadas durante o período de pandemia, o que tem causado confusão entre as pessoas. “Vamos nos orientar pela OMS, que preconiza a dexametasona e o oxigênio, e proporcionar uma maior divulgação desse tratamento para que a população tome o devido conhecimento”, observou.

Na oportunidade, Vivaldo Costa defendeu que o Estado adote uma política de atendimento à saúde voltada aos idosos, possibilitando o tratamento precoce à essa parcela da população. “É possível proteger o idoso. Pode-se, por exemplo, reservar um horário específico nos Postos de Saúde para esse atendimento. Montar um esquema de proteção para que o idoso, ao primeiro sintoma, procure o Posto de Saúde, naquele horário reservado, e tão logo inicie o tratamento. É uma maneira prática e objetiva”, avaliou.

Ao final do pronunciamento, o deputado destacou que, diante dos elevados casos da Covid-19 em Jardim de Piranhas, requereu ao Governo do Estado o remanejamento de emenda parlamentar, ao valor de R$ 200 mil, para aplicação no enfrentamento à doença no município.

Nenhum comentário