Vacina de Oxford é segura e gerou resposta imune contra covid-19


Cientistas da Universidade de Oxford, anunciaram nesta segunda-feira, 20, que a vacina que vem sendo desenvolvida para a Covid-19 é segura e induziu resposta imune. Os resultados divulgados hoje são referentes às duas primeiras fases de testes. Agora em fase 3, os testes estão sendo desenvolvidos no Brasil e vão até junho de 2021.
Mais de 300 milhões de doses já foram produzidas. A vacina que vem sendo desenvolvida pela Oxford é uma das três opções que já estão na terceira fase de testagem, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).
Os resultados satisfatórios observados na fase 1 precisam ser confirmados nas duas fases seguintes para comprovar a eficácia da vacina.
Ao todo, 50 mil pessoas participam dos testes em todo o mundo, 10% delas no Brasil: 2 mil em São Paulo, 2 mil na Bahia e outras 1 mil no Rio de Janeiro. O Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) da Unifesp coordena a aplicação da vacina em São Paulo, que começou em junho com voluntários da área da saúde.
O acordo com o Brasil permitirá que o país adapte a fábrica de Bio Manguinhos para produzir a vacina e disponibilizá-la depois da fase três dos ensaios clínicos. A ideia de incluir a população brasileira se dá, também, para testar a eficácia da vacina em um grupo etnicamente mais diverso.
A vacina pode ter resultados de diferentes eficácias, de acordo com cada população. Daí a importância de testar em vários países.
Fonte: UOL.

Nenhum comentário