COVID-19: Monitoramento de pesquisadores da UFRN revela queda na pressão das UPAs nos últimos dias

Após as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do RN chegarem a registrar índice de operação 220% acima da capacidade projetada para a Covid-19, a pressão nessas unidades diminuiu nos últimos dias.
A informação é fruto de avaliação das demandas por solicitações de regulação que partem das UPAs do RN feita pela equipe de pesquisadores da UFRN, coordenada pelo professor José Dias. De acordo com a avaliação, essa queda na pressão das UPAs deve refletir na diminuição nos internamentos e demandas por leitos de UTI e UCI nos próximos dias.
De acordo com os modelos, o pico na taxa de solicitações diárias nas UPAs foi registrado em 21 de junho. De acordo com o registrado no último sábado (27), esse número caiu bruscamente, com o semelhante ao registrado em maio.
Os pesquisadores chamam atenção para que este indicador de solicitações nas UPAS (de redução) seja acompanhado com a taxa de ocupação de leitos de UTI e a taxa de transmissibilidade R(t) nos próximos dias. De acordo com a equipe, essa combinação aponta o verdadeiro entendimento de qual nível de controle está a epidemia no Estado do Rio Grande do Norte.



Fonte: Portal Grande Ponto

Nenhum comentário