Assembleia Legislativa monitora metas da execução do Plano Estratégico 2023

Crédito da Foto: Assessoria de Comunicação

Em videoconferência, nesta segunda-feira (15), a diretoria-geral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, reuniu todos os setores do legislativo e deu andamento aos trabalhos de monitoramento e execução da estratégia; além de deliberar pela criação do Comitê de Governança, Comitê de Gestão/Executivo e Comitê Orçamentário e Financeiro do Plano Estratégico denominado “Horizonte 2023”.

“Desde 2015 que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira, pautou sua gestão em torno do Planejamento Estratégico. O resultado é que este trabalho obteve, com o passar dos anos, alcance nacional. O Legislativo Potiguar é o atual vencedor do prêmio nacional da Unale na categoria Gestão, que destaca iniciativas modernas que são modelo na Gestão Pública de parlamentos em todo o país”, enfatizou Augusto Carlos Viveiros, diretor geral da Assembleia Legislativa, na abertura da videoconferência, citando ainda que a gestão despertou o interesse de outros legislativos, como foi o caso da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), e das Casas Legislativas da Bahia, Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso.

Para a diretora Administrativa e Financeira, Dulcineia Brandão, cada gestor nas suas unidades será uma luz para fazer o melhor para a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A boa imagem da ALRN nacionalmente vem sendo conquistada com reconhecimentos nacionais também direcionados as atividades da Escola da Assembleia; projetos da Procuradoria Geral; diretoria Legislativa; diretoria de Comunicação, que tem nos projetos de inclusão campanhas institucionais premiadas, transparência e gestão com DNA Potiguar.

A Comissão de Elaboração e Acompanhamento do Planejamento Estratégico da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, presidida por Luciana Cardoso, vem dando o suporte aos setores para a construção das Reuniões de Análise Estratégica (RAEs), visando a implantação da Governança que vem complementar o processo de gestão. “Além de direcionar, monitorar e avaliar sua atuação através do acompanhamento da execução da estratégia com informações ágeis e precisas teremos melhor qualidade na tomada de decisão, no gerenciamento da execução e maior capacidade de reposta”, detalhou.

“Assim, estaremos disseminando a cultura da estratégia, estabelecendo processos claros, de fácil acesso para as tomadas de decisões dos gestores e lastreadas em dados validados nos relatórios de gestão”, explicou Luciana Cardoso, reforçando que este trabalho requer a continuidade da integração e envolvimento de todos que compõem esta Assembleia Legislativa.

Horizonte 2023 - Com a denominação de “Horizonte 2023 da ALRN”, o plano estratégico contempla a definição da visão de futuro até 2023 e dos macrodesafios (objetivos estratégicos) que nortearão as ações da Assembleia Legislativa no próximo quadriênio.

O plano elaborado teve como base o levantamento dos cenários interno e externo e definição dos principias problemas identificados ao longo da elaboração do documento, com metas para serem alcançadas nos próximos quatro anos. Compõem o documento 68 iniciativas estratégicas, 28 indicadores e metas, 18 iniciativas específicas e 1 Projeto Institucional.

Nenhum comentário