Sebrae realiza Semana do MEI totalmente digital, devido a pandemia


De 18 a 22 de maio o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realiza a Semana do Micro Empreendedor Individual (MEI), um período de grande representatividade para a instituição, por ser este um público prioritário, especialmente, por se tratar do primeiro degrau do empreendedorismo. O faturamento anual não pode ser superior a R$ 81 mil, o que dá uma média mensal de R$ 6.750.
O Sebrae vai oferecer, gratuitamente, dezenas de atividades voltadas ao universo digital, com o objetivo de auxiliar os micro empreendedores neste momento de pandemia do coronavirus, onde a economia sofre um forte impacto em função do fechamento provisório de milhares de empresas, por não estarem classificadas como essenciais, segundo os decretos de calamidade pública do Estado e da Prefeitura de Manaus.
No Amazonas, há aproximadamente 194 mil empresas de micro e pequenos empreendedores. Deste universo regional, mais de 25 mil foram atendidas de forma online pela instituição que, desde o dia 23 de março, está operando em sistema de home office, para salvaguardar a segurança/saúde de seus funcionários e clientes. Tudo isso em decorrência da gravidade da pandemia, que registra mais de 1.413 óbitos e acima de 20.328 contágios no Amazonas (dados de 17/05).
A programação digital da Semana do MEI do Sebrae é diversificada, mas focada em ajudar os empresários a superarem a crise reiventando-se, repensando processos empresariais e recriando uma nova realidade de empreendedorismo. Isso está sendo feito, a partir das lições da pandemia, sobretudo quanto à utilização das mídias digitais, para conseguir atravessar as dificuldades com imaginação, criativodade e conhecimento específico da realidade virtual à disposição na internet.
A programação aponta o caminho da inovação digital e no dia 18 de maio começa com: Live Quero ser MEI e Webinar Estratégias de gestão financeira para o MEI.

Nenhum comentário