Governadora do RN fala em reabertura "segura, controlada e responsável" da economia


"Vamos retomar as atividades econômicas de forma controlada, responsável e segura, como preconiza o plano que a representatividade produtiva do Estado elaborou". Foi o que disse a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, na sua participação no Fórum (virtual e aberto) promovido pelo LIDE RN – Grupo de Líderes Empresariais do Rio Grande do Norte, na manhã desta sexta-feira (29), com o tema ‘Combate ao Colapso Econômico e Social do RN’.
A Chefe do Executivo ouviu atentamente todos os líderes empresariais de diversos segmentos como turismo, agricultura, construção civil, energia, varejo. Foi provocada pelo presidente do LIDE, Jean Valério, e pelos líderes empresariais sobre o “day one”, ou seja, o início da execução do Plano de Retomada Econômica Gradual. E respondeu: "Estamos caminhando, se Deus quiser, para definir um calendário de retomada das atividades econômicas. Agora a definição de um calendário passa pela observância dos critérios epidemiológicos, taxa de contágios, taxa de internação".
Há forte expectativa de que o Governo do RN autorize a retomada econômica gradual com a definição do calendário a partir do próximo dia 5 de junho, mas a decisão depende do aval da chefe do executivo. Além da governadora, o Fórum do LIDE RN contou, de forma inédita, com a participação dos principais líderes dos setores produtivos do Estado, representantes da Bancada Federal no Congresso Nacional, da Assembleia Legislativa, Câmara Municipal de Natal, da Justiça do RN e do prefeito de Natal Álvaro Dias. O encontro se deu em tom de união total em prol da economia.

Líderes pedem reabertura gradual no 5 de junho
Líderes dos principais setores da economia potiguar manifestaram preocupação com o caos econômico que se aproxima e cobraram posicionamento da governadora. "Acho que chegou a hora de retomarmos nossas atividades econômicas, tomando todas as medidas e precauções sugeridas pelos institutos científicos e sanitários. Já temos espaço para começar a retomada a partir do dia 5 de junho", destacou Marcelo Queiroz, presidente da Fecomércio/RN.
Líder de um dos setores mais atingidos pela pandemia, José Odécio Júnior, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte - ABIH/RN, corroborou com o colega do comércio e pediu união de todos os setores.
"Precisamos sair disso tudo, juntos. Temos condições de tirar o Rio Grande do Norte mais rápido dessa pandemia. Setor produtivo e entes públicos engajados. Faço até um apelo aos líderes políticos aqui presentes para que possamos ter um processo menos burocrático para sairmos rápido e melhores dessa crise", sugeriu.
A união do setor produtivo e público também foi sugerido pelo representante do Sebrae/RN. "Temos que juntar todos no estado e fazer o dever de casa para essa reabertura. Apesar do clima de guerra no país e da instabilidade institucional, vejo um horizonte promissor no Rio Grande do Norte para a retomada da economia", avaliou Zeca Melo, superintendente do Sebrae/RN, em sua fala.
"Ninguém sairá dessa crise sozinho. É um momento difícil e desafiador. Se todos tivermos juntos ficará mais fácil a retomada", disse Amaro Sales, presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte – FIERN, entidade que liderou a elaboração do Plano Gradual de Retomada Econômica.
"Não podemos esperar mais. Precisamos cuidar da vida das pessoas, mas, também, das empresas, algumas, inclusive, já estão na UTI. Com responsabilidade, cumprindo os protocolos e a legislação, vamos sair dessa juntos", concluiu Amaro.

Governadora Fátima Bezerra espera aval do comitê científico
Apesar dos apelos feitos pelo LIDE e pelos líderes empresariais pela retomada, Fátima Bezerra deixou claro que a pressão do setor produtivo e apenas a vontade de atender ao pleito não são suficientes para abrir a economia do Estado no próximo dia 5 de junho - o último Decreto estadual determinou isolamento social até o dia 4 de junho. "Não podemos dar um passo em falso. Seria um retrocesso. Vamos dar um passo seguro, responsável, planejado, compactuado, em diálogo com a sociedade. É o momento da união e do chamamento da sociedade".
Presidente do LIDE RN, Jean Valério, idealizador e condutor do debate que durou cerca de três horas, avaliou o evento como positivo e comprometeu-se em enviar documento ao Governo do RN consolidando os principais pleitos por segmento. “Quero destacar a forma democrática e transparente como a governadora Fátima Bezerra está conduzindo a crise. Nos ouviu atentamente por mais de duas horas e estou confiante de que ela dará uma resposta de incentivo ao retorno das nossas atividades, mas com regras rígidas e proteção absoluta”, destaca Jean.

Empresários destacam união e contribuição pelo RN
O encontro do LIDE contou com participação de peso dos principais líderes empresariais de segmentos importantes, além dos presidentes de entidades representativas como FIERN, FECOMÉRCIO, SEBRAE e CDL Natal e Mossoró. Todos foram unânimes em destacar a necessidade da sonhada união, política e econômica, para resgatar a competitividade do Estado.
“Estou vendo aqui, pela primeira vez, uma reunião produtiva e bem intencionada, com todos, políticos e empresários, se doando em prol do Estado. Espero que daqui saia um grande pacto”, destacou Marcelo Alecrim, empresário fundador da ALE Combustíveis e integrante do LIDE. Ele cobrou ainda que as medidas debatidas no encontro fossem colocadas em prática. “Tem que fazer uma ata desse encontro e fazer o dever de casa”, pediu o empresário.
Empresário fundador das Indústrias Becker, uma das maiores fábricas de produtos de limpeza do Brasil, Astriel Mendonça Júnior destacou a iniciativa do LIDE RN, hipotecou apoio ao Governo do RN e destacou a urgência da retomada econômica. “O Governo do RN tem feito um trabalho importante no combate ao coronavírus. Mas agora precisamos organizar o retorno econômico e evitar o desemprego”, afirmou.

Assembleia terá comissão pela recuperação econômica
A Assembleia Legislativa do RN contará com uma comissão especial focada em acompanhar a retomada econômica do Estado. A notícia foi anunciada pelo deputado estadual Gustavo Carvalho, que participou Fórum de Combate ao Colapso Econômico do RN representando a casa legislativa. “Acabei de pedir a solicitação da criação desta comissão que acompanhará atentamente as demandas da nossa economia. Precisamos de união neste momento. Vamos dividir responsabilidades e tirar o peso das costas somente do poder executivo”, pontuou Gustavo Carvalho.

BNB: mais celeridade e menos burocracia na liberação de crédito
O superintendente do Banco do Nordeste do Brasil no RN (BNB-RN), Thiago Dantas, entrou no debate quando o tema sugerido foi: liberação de crédito emergencial com prioridade para pequenos e médios empresários. Presidente do LIDE, Jean Valério cobrou ao BNB mais celeridade e menos burocracia para liberação dos recursos fundamentais para a sobrevivência das empresas neste momento.
O superintendente informou que a burocracia foi reduzida e a instituição já emprestou mais de R$ 44 milhões aos micro e pequenos empresários em menos de dois meses no RN. Ficou acertado a realização de um novo FÓRUM exclusivo para tratar do crédito, onde o BNB dará assistência às empresas do Estado.

Justiça estadual e federal acompanham reunião econômica
Representantes da Justiça Estadual, Justiça Federal e Ministério Público Estadual acompanharam o debate pela retomada econômica gradual. O juiz federal Dr. Marco Bruno Miranda destacou os avanços tecnológicos e administrativos da Justiça Federal nestes tempos de pandemia e sugeriu ao Estado a adoção da tecnologia e inovação para monitorar e ter um maior controle das decisões sobre a economia.
O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do RN, desembargador João Batista Rebouças, elogiou a iniciativa do LIDE e colocou a justiça estadual à disposição.

Presidente do Sinduscon quer a volta do investidor estrangeiro
Presidente do Sinduscon/RN, Silvio Bezerra lamentou a nova recuada da construção civil, que vinha retomando as atividades, depois de quatro anos de recessão. Ao mesmo tempo em que parabenizou o Governo do Estado pelas ações que ajudaram o setor a se manter, em meio a pandemia do coronavírus, Silvio cobrou novas ações para atrair o investidor estrangeiro, que, segundo ele, deve voltar a investir no Estado, com a queda do real e valorização do dólar.
"A construção civil, hoje, emprega 42 mil pessoas no RN. Quando pensávamos que ía decolar, tivemos que voltar para a base. A pandemia jogou um balde de água fria nessa retomada que estávamos criando. mas, passada a pandemia, os estrangeiros devem voltar e precisamos estar preparados. Portanto, faço um apelo ao Governo e à Prefeitura, para facilitar o investimento destes estrangeiros em terras potiguares. E vamos pensar no amanhã, como uma forma de criar novos empregos", disse Silvio, que cobrou celeridade, também, nos licenciamentos ambientais e comemorou a realização de novas obras reveladas pela governadora Fátima Bezerra: segunda etapa do pró-transporte, prolongamento da Prudente de Morais e pró-moradia.

Mossoró vive situações opostas no campo e na cidade
Enquanto no campo, Mossoró comemora números animadores, que impactam positivamente no agronegócio, na cidade a situação é bem diferente. Durante o Fórum virtual do LIDE RN, o presidente do CDL Mossoró, Wellington Fernandes, cobrou a reabertura do comércio da capital do Oeste, já a partir do dia 5 de junho.
"A situação de Mossoró não é fácil, já vinha de uma perda econômica enorme em decorrência da redução das atividades do setor petrolífero. Com essa pandemia, tivemos um componente inesperado, que trouxe uma dificuldade ainda maior, principalmente, para o comércio. Os segmentos que estão autorizados a trabalhar estão tendo prejuízos. Há um clamour pela retomada do comércio, com as medidas necessárias para a proteção da vida dos funcionários e dos clientes. Esperamos que a partir do dia 4 de junho, quando acaba o decreto, possamos retomar as atividades econômicas em Mossoró", solicitou Wellington.
Diretor-presidente da Famosa Agrícola, Luiz Barcelos, representou o agronegócio durante o Fórum do LIDE RN. Ele agradeceu o apoio do governo do Estado em ações que contribuem para o desenvolvimento do agronegócio e informou que todos os cuidados estão sendo tomados para a retomada das atividades nas fazendas da Famosa Agrícola.
"Há dez dias concluímos um protocolo para evitar a contaminação dentro da fazendas, juntamente com os órgãos de saúde", revelou Barcelos. "Com o objetivo de evitar a interdição de fazendas pelas autoridades sanitárias, queremos os protocolos homologados para darmos continuidade ao trabalho dos colaboradores", cobrou Barcelos.

LIDE anuncia curso gratuito de prevenção ao Covid-19 para empresas e colaboradores visando a retomada segura
O LIDE RN – Grupo de Líderes Empresariais, em parceria com o Instituto Mix, lançou curso gratuito e online para ajudar na prevenção ao Covid-19. O objetivo é preparar profissionais e empresas para a retomada econômica. O curso pode ser acessado através do site:
https://institutomix.com.br/covid-natal/ O treinamento é prático, em plataforma EAD (feito até pelo telefone celular), e emite certificado. A iniciativa do LIDE tem apoio das CDL Natal, Mossoró e CDL Jovem.
“Todas as empresas e profissionais do Rio Grande do Norte podem acessar, gratuitamente a plataforma e realizar o curso de qualificação e prevenção. É a nossa contribuição para a retomada econômica segura”, destacou Jean Valério, presidente do LIDE-RN. “Desenvolvemos o curso Covid para ajudar a população potiguar na prevenção ao vírus”, reforçou Marcelo Calegari, Master Franqueado para as regiões do RN e Ceará do Instituto Mix, a maior marca de cursos livres do Brasil.
Cada empresa que retome as atividades poderá disponibilizar para seus colaboradores o curso, possibilitando que o nível de proteção e segurança aumente ainda mais. O LIDE-RN e o Instituto Mix vão disponibilizar um selo para todas as empresas que atingirem 70% do quadro dos seus de colaboradores certificados no curso Covid. É uma forma de estimular que as empresas e empresários capacitem seus colaboradores.

Nenhum comentário