Um ano após reinauguração Biblioteca Câmara Cascudo segue de portas fechadas

José Aldenir / Agora RN

Fechada desde 2012 a Biblioteca Pública Câmara Cascudo (BPCC) foi reinaugurada em dezembro de 2018, durante o governo de Robinson Farias. Contudo, ao contrário das expectativas, o espaço novamente não foi aberto para uso. Segundo a Fundação José Augusto (FJA), os motivos variam e agora, quase um ano e meio após a reinauguração, o prédio segue de portas fechadas.

Com investimentos da ordem de R$ 1,6 milhões, a BPCC foi criada pela Lei nº. 2.885 de 08 de abril de 1963, na gestão do à época governador Aluízio Alves e inaugurada pelo governador Monsenhor Walfredo Gurgel em 26 de fevereiro de 1969 com o nome de Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Norte. A denominação “Câmara Cascudo” se deu apenas em 1970, em homenagem ao respeitável antropólogo brasileiro que passou toda a vida em Natal.

O espaço foi pensado para ser um ambiente público de âmbito cultural e educacional e conta com um acervo de mais de 200 mil exemplares de títulos, entre livros, revistas, jornais e conteúdo audiovisual. A infraestrutura do local, após a reinauguração, também conta com galeria de arte, sala de vídeo e auditório.

De acordo com a FJA, no projeto financiado pelo MinC, atual Secretaria de Cultura do Ministério da Cidadania, para a reforma da Biblioteca Câmara Cascudo, foi constatado que ainda faltam a instalação da subestação de energia, da acessibilidade e de equipamentos de climatização para a conclusão da obra. O informe é de que os projetos foram elaborados e estão em fase de licitação.

Em nota, a atual administração da FJA diz lamentar o fechamento da biblioteca durante oito anos e a sua indevida reabertura em 2018 na administração anterior, sem contar com a instalação dos equipamentos necessários para o seu pleno funcionamento. A instituição informa que o Governo do estado ainda deve receber R$ 884 mil do Governo Federal, ainda em 2020, valor que servirá para pagamento de parte do mobiliário do equipamento. AGORA RN

Nenhum comentário