Em plena pandemia do Coronavírus, Prefeita petista de Ouro Branco aumenta em 120% o futuro salário

Em plena pandemia do Coronavírus, Prefeita petista de Ouro Branco aumenta em 120% o futuro salário



Por Robson Pires, em

A prefeita de Ouro Branco, Fátima Silva (PT) deu um aumento de 118,75% no salário que ela vai receber quando sair da prefeitura. É que ela é dentista efetiva dos quadros da Prefeitura, em concurso realizado na gestão do ex-prefeito Nilton Medeiros. A inflação foi mascarada através de reajuste no incentivo de PSF para Dentista, que é uma gratificação provisória paga por repasse de programa temporário.
A dentista Fátima Silva, que deixa o cargo em dezembro próximo também deu um aumento de 76,92% no incentivo da irmã, a enfermeira Vitória Silva, presidente do PL de Ouro Branco. Através do cargo de Enfermeiro efetivo. Para comparar, o ajuste do incentivo aos médicos foi de 6,56%. Ela aproveitou para tornar o valor perpétuo, sem previsão no Plano de Cargos. Enquanto isso, outras categorias registram defasagem salarial de quase 20%. Agentes administrativos, por exemplo, estão sem reajuste desde 2013. A lei foi aprovada em votação discreta na última sessão da Câmara, sem relatório orçamentário.
Em Brasília, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sugeriu nesta terça-feira (24) que os três Poderes avaliem uma redução de até 20% dos salários de servidores. Seria, na avaliação de Maia, uma espécie de gesto simbólico para mostrar que estão unidos no combate à pandemia do coronavírus. Parece que a prefeita de Ouro Branco está mais preocupada com o futuro dela a partir de janeiro, quando deixa o cargo de prefeita, que hoje tem salário bruto de mais de R$ 16 mil mês.

BLOG ROBSON PIRES

Nenhum comentário