Prefeitura de Extremoz participou da operação na Redinha Nova contra poluição sonora e outros crimes




A prefeitura de Extremoz por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo participou nesta sexta-feira, 10, de uma operação  realizada por policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (DEPREMA), a Guarda Municipal de Natal, agentes Judiciários da Vara da Infância e da Juventude de Natal e da Companhia Independente de Proteção Ambiental da Polícia Militar (CIPAM). 

A operação aconteceu na Praia da Redinha Nova, e além de combater o uso de drogas e o fornecimento de bebidas alcoólicas a menores de idade, exploração sexual de menores, a operação teve como objetivo também o combate ao crime de poluição sonora em casas de eventos e a apreensão de paredões de som.

Uma dificuldade que a comunidade da Redinha Nova vem enfrentando quanto ao uso abusivo de paredões de som, mas que através do apoio dos órgãos de Segurança Pública, a Prefeitura de Extremoz vem buscando soluções para garantir a segurança e tranquilidade aos moradores, visitantes, e veranistas das belas praias do município de Extremoz


Autuações e apreensões
Durante a operação, diversos adolescentes, entre 12 e 14 anos foram encontrados em uma casa de eventos. Ainda no imóvel, foram apreendidos recipientes com loló, além de porções de maconha e cocaína.
No local também foi apreendido um equipamento de som (paredão). O responsável pela casa foi encaminhado à Delegacia de Plantão da Zona Norte, porque foi constatado o fornecimento de bebidas alcoólicas para adolescentes no estabelecimento.
Na mesma casa, uma mulher foi conduzida à delegacia por ser a responsável pela festa e permitir a entrada e venda de bebidas e drogas a menores de idade.
Em outros dois imóveis foram apreendidos mais dois equipamento de som (paredão). Os responsáveis pelos aparelhos e pelos imóveis foram encaminhados à delegacia, onde foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pelo crime de poluição sonora culposa.




Nenhum comentário