José de Abreu insinua que Regina Duarte compactua com milicianos, homofóbicos e nazistas


Declaradamente opositor do atual governo de Jair Bolsonaro (PSL), o ator José de Abreu, 73, mais uma vez optou por defender seu lado político e por ignorar o respeito aos colegas de profissão ao opinar sobre o convite feito pelo presidente à atriz Regina Duarte, 70, ao cargo na Secretaria de Cultura em seu mandato. Ele insinuou que a atriz compactua com homofóbicos, nazista e miliciano.
“Seu povo, o povo dele, não o povo brasileiro: ministros analfabetos, milicianos, corruptos, nazistas, militares e policiais assassinos, torturadores, pedófilos. Realmente, ela está preparada para o cargo. A mulher ideal para participar do governo nazista-homofóbico-miliciano“, disse.

BLOG DO BG

Nenhum comentário