Orquestra Sinfônica do RN anuncia concertos de Natal


É nesse clima natalino que invade e se estende por todas as ruas, praças e lugares da capital potiguar que, a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN junto com a M.A.P.A Realizações Culturais preparam a última apresentação da temporada 2019 do projeto Movimento Sinfônico. Nos dias 20, 21 e 22 de dezembro, às 20h, na Arena das Dunas, será apresentada a Ópera Natalina “Amahl e os Visitantes da Noite”, de Gian Carlo Menotti. As apresentações fazem parte da programação do “Natal em Natal” da Prefeitura Municipal do Natal através do projeto cultural O Primeiro Milagre do menino Jesus, subtítulo utilizado para apresentar a Ópera que é também uma realização do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, pela Fundação José Augusto.
Gian Carlo Menotti deu vida às suas lembranças, inspirado em sua própria infância na Itália onde a magia natalina era trazida pelos Três Reis Magos: acreditava-se que o Papai Noel estava muito ocupado com crianças americanas para atender as da Itália, dessa forma, entendia-se que os presentes eram trazidos pelos Três Reis. A ópera foi escrita em 1951, encomendada pela TV (National Broadcasting Company – NBC). Depois da estreia televisionada, a ópera alcançou palcos do mundo com várias apresentações, principalmente, no período natalino.
A praça externa da Arena das Dunas ganhará um luminoso palco. A ópera Amahl e os Visitantes da Noite será interpretada em português pelo elenco: Guilherme Lucas (Amahl); a soprano Paola Soneguetti (mãe de Amahl); os Reis pelo tenor Kaio Morais, o barítono Jonatas Meireles, e o baixo Lailson Toscano com participação do Coral Harmus, do ator Doc Câmara e das bailarinas Margoth Lima, Julia Vasques, Laura Lima e Sarah Nascimento. A direção artística é do maestro Linus Lerner; direção de arte e de cena de Tatiane Fernandes e Anderson Leão; Preparação de Coro com Janilson Batista e Coreografia de Wanie Rose Medeiros.
A entrada é gratuita e desta vez não precisa reservar e nem retirar ingresso previamente. A ópera tem duração de 1h e dentro desse tempo, a plateia vai prestigiar e contemplar a beleza da música envolta de outras linguagens: a encenação, a dança e o canto, características específicas das Óperas.
Amahl e os Visitantes da Noite
A história se passa em uma aldeia, na qual se vê uma cabana. Nela, mora uma criança (Amahl) deficiente, criativa e sonhadora junto com a sua mãe – ansiosa pelos desafios do amanhã impostos pela pobreza que os atinge. Em uma noite estrelada, batem à porta deles, os Reis Magos em busca de um momento de descanso. Os viajantes são acolhidos, lenha para lareira e a ajuda dos moradores da aldeia para alimentar os Reis.
As joias (ouro, incenso e mirra) carregadas pelos reis despertam na mãe um sentimentos e reflexões. Ela entoa em canto toda a injustiça que representa aquela riqueza concentrada para tão poucos. Tanto para uma criança, cuja chegada é anunciada por uma estrela guia, enquanto sei filho passa fome e frio.
Mais tarde, quando todos dormem, a mãe do menino é flagrada pegando uma das joias. A um “acordar” de todos e em meio às descobertas a deficiência de Amahl desaparece como em um milagre, O primeiro Milagre do Menino Jesus.
OSRN
A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte é patrimônio cultural do RN e tem o Governo do Estado do Rio Grande do Norte , através da Fundação José Augusto, como seu principal mantenedor. A temporada 2019 tem Patrocínio via incentivo fiscal da Arena das Dunas, Hospital do Coração e Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão. O projeto Movimento Sinfônico é uma realização da OSRN e MAPA Realizações Culturais e conta ainda com o apoio do Wish Natal Exclusive Resort, da Galeria Fernando Chiriboga, Lado A Design, G7 Comunicação, do TECESOL e dos Restaurantes: Camarões Potiguar, La Cachette e Poti.

Nenhum comentário