Styvenson reúne autoridades para discutir aplicação de emenda da R$ 16,5 milhões no HRTM



Nesta quarta-feira (13), no auditorio do Crea-RN, o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) realizou uma reunião com a diretoria do Hospital Regional Tarcisio Maia (HRTM), de Mossoró; da Secretaria Estadual de Saúde Pública; da UFersa e dos Conselhos dos médicos, advogados, farmacêuticos, contabilistas e engenheiros para traçar estratégias de como serão elaborados os projetos e fiscalizados os R$ 16,5 milhões que serão destinados ao HRTM. “São bilhões parados nos ministérios porque ninguém apresenta projetos dentro da formalidade exigida. Nosso objetivo é que possamos nos adiantar a essas questões. Fazendo o que é justo e certo. Eu acredito que com essa união antecipada a gente poderá fazer com que a saúde publica funcione nas regionais para desafogar a capital”, esclareceu Styvenson.
Para o Secretário Adjunto de Saúde do Rio Grande do Norte, que participou da reunião, a iniciativa do senador é estratégica e foi muito bem recebida pela equipe. “Nós temos oito regiões de saúde no estado e precisamos resolver essas questões no interior para que Natal se restrinja aos casos mais complexos. Muito feliz a fala e a atitude do senador em investir no hospital Tarcísio Maia, precisamos dar um salto qualitativo na regionalização. Estamos a disposição do seu mandato, senador”, disse. A destinação da verba deve constar do Orçamento da União de 2020, que será aprovado no Congresso Nacional para somente depois serem liberados pelo governo federal. A proposta do senador é que as entidades, a partir desta ação unificada, já possam ir trabalhando nos projetos para otimizar o tempo e os recursos quando estes forem liberados. A iniciativa foi muito bem recebida por todos os presentes. “ Eu só posso falar pelo CREA mas acho que e isso é inédito para todos os conselhos. Para nós é a primeira vez que o CREA é convidado para participar da fiscalização de uma emenda. E isso representa um importante avanço”, afirmou a presidente do CREA-RN, Ana Adalgisa Dias Paulino. “Eu também percebo como algo inovador. Seria bom que outros políticos tivessem essa mesma iniciativa. Não só de trazer a verba, mas de tornar transparente. Estamos em total disposição desta iniciativa. Precisamos parabenizar para ser um exemplo a ser seguido”, reforçou a representante da OAB, Rossana Fonseca.
Com a anuência de todos os representantes, ficou marcada uma próxima reunião executiva, no hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, no próximo dia 12 de dezembro.

Nenhum comentário