Bolsonaro estuda migrar para partido criado pelo líder da “Bancada da Bala”


Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

Cada vez mais sem espaço no PSL, Bolsonaro procura um partido para se acomodar, de olho em 2022. O destino mais provável é o Partido Militar Brasileiro, que está sendo criado pelo deputado Capitão Augusto (PL-SP). Esse novo partido já tem as 491,9 mil assinaturas necessárias para ser aprovado no TSE. Poderá ser o 36º partido brasileiro.
Capitão Augusto é coordenador da “bancada da bala” na Câmara, defensor do armamento em massa da população. Um dos emissários de Bolsonaro junto ao Capitão Augusto para pedir uma vaga no novo partido foi o ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF), ex-coordenador dessa bancada. Augusto já mandou dizer que o partido estará à disposição dos Bolsonaros.
iG

Nenhum comentário