Instituto Metrópole Digital abre seleção com 600 vagas para cursos técnicos



O Instituto Metrópole Digital, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (IMD/UFRN), lançou nesta semana o edital de seleção para as turmas de 2020 dos cursos técnicos em Tecnologia da Informação (TI). O certame oferece 600 vagas para Natal (RN) e as inscrições, que começam na segunda-feira (7), seguirão abertas até o dia 30 de outubro.
A seleção, cujas provas ocorrerão no dia 24 de novembro, é aberta a toda a comunidade, não sendo necessário estar matriculado em algum programa de ensino da UFRN para participar. O pré-requisito é que os concorrentes tenham concluído o Ensino Fundamental.
Inscrições
O processo de inscrição pode ser feito mediante preenchimento de formulário online – que será disponibilizado no site da Comperve a partir do dia 7. A taxa é de R$ 30,00 – que deverá ser paga até o dia 1º de novembro – sendo possível a isenção, conforme os requisitos previstos no edital, que pode ser acessado no seguinte endereço eletrônico.
Das 600 vagas oferecidas na seleção, 70% são destinadas a pessoas que cursaram integralmente o Ensino Fundamental em escolas públicas. Além disso, desse quantitativo, metade é reservada para candidatos cujas famílias contam com renda bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita.
Cursos técnicos
Oferecidos na modalidade semipresencial – Ensino a Distância (EAD) e encontros presenciais semanais – os cursos técnicos do IMD contam com cinco ênfases diferentes. Para as turmas de 2020, serão oferecidas três delas, a saber: Eletrônica, Informática para Internet e Rede de Computadores.
Durante todo o curso, o aluno é acompanhado por profissionais do IMD, responsáveis por conduzir todas as atividades pedagógicas e oferecer conteúdo de maneira flexível e direcionada, tanto online como presencial.
Segundo o coordenador do programa, professor Marcel Oliveira, uma das principais portas de entrada no IMD são os cursos técnicos. Exemplo disto é o fato do Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI) reservar parte de suas vagas residuais para uma seleção específica para os concluintes da formação técnica.
“Eu convivo aqui no IMD e vejo que diversos alunos que foram do técnico estão hoje na graduação. Esses vão sair daqui com uma formação bastante consolidada em TI”, considera o professor.
Apesar das aulas também serem ministradas, além de Natal, também em Caicó, Angicos, Mossoró e Pau dos Ferros – nesses três últimos municípios em parceria com a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) – a seleção para as turmas de 2020 destinará vagas apenas para a capital potiguar.
Os cursos contam com uma grade curricular com carga horária variável, entre 1 mil e 1,2 mil horas, organizadas nos eixos de informação e comunicação.
Provas
As provas serão aplicadas em diferentes municípios do Estado do Rio Grande do Norte, a saber: Natal, Caicó, Macaíba, Santa Cruz e Currais Novos. Os candidatos receberão o endereço exato de aplicação dos exames no dia 19 de novembro.
Os testes serão compostos por 40 questões de múltipla escolha e vão avaliar conhecimentos em “Cidadania Digital e Colaboração Global”, “Pesquisa, Gerenciamento de Informações e Comunicação”, “Pensamento Crítico, Flexível e Inovador” e “Resolução de Problemas e Pensamento Computacional”.
Cada tema contará com 10 perguntas e o tempo máximo para a execução da prova é de três horas e meia. O acesso à sala onde se realizará o exame estará aberto das 13h20 às 14h (horário local).

Nenhum comentário