São Miguel do Gostoso vai receber sistema de abastecimento de água




O problema do abastecimento de água em São Miguel do Gostoso está com os dias contados. A governadora Fátima Bezerra assinou hoje (20) a ordem de serviço das obras do sistema de abastecimento da cidade, que serão realizadas pelo Governo do Estado via Governo Cidadão e Caern, com recursos do Banco Mundial. Em torno de 10 mil pessoas serão beneficiadas.

Para a agricultora Maria Matias, moradora da zona rural e que depende de uma cisterna e um poço, é o fim do racionamento e do gasto excessivo com a compra de água. “Até para consumir água dentro de casa a gente tem que racionar. Tenho certeza que quando a obra estiver pronta vai melhorar muito”, projeta.

A assinatura da ordem de serviço aconteceu em solenidade em frente à Câmara Municipal e contou com a presença de autoridades, políticos e população do município. O secretário de Gestão de Metas e Projetos, Fernando Mineiro, destacou que hoje é um dia importante não só para São Miguel e região, mas todo o Estado.

“A assinatura de hoje é importante para todo o governo, porque é uma das obras que a governadora mais nos cobrava no Governo Cidadão. Depois do saneamento, o abastecimento era necessário. Vamos fiscalizar, acompanhar e lutar para que essa obra seja entregue antes do prazo com a qualidade que o povo merece”, acrescentou Mineiro.

A governadora Fátima Bezerra ressaltou que a obra vai gerar de 70 a 100 empregos diretos para homens e mulheres filhos de São Miguel do Gostoso. “A luta pelo saneamento foi um passo importante, mas não tem como tê-lo e não contar com o abastecimento. É um investimento para cuidar da população de São Miguel, sobretudo das crianças, e fomentar ainda mais o turismo da cidade”, disse.

Saiba mais
Após investir mais de R$ 25 milhões em esgotamento sanitário, o Governo do Estado agora começa a implantar um sistema de abastecimento de água que vai beneficiar mais de 10 mil pessoas no município. A reestruturação do atual sistema vai abranger desde a captação à adução e reserva da água, culminando em sua distribuição e ligação até as residências beneficiadas.

Estão sendo investidos R$ 9,9 milhões com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, por meio do projeto Governo Cidadão e em parceria com a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) e Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas). A empresa vencedora da licitação foi a HL Engenharia Ltda, que tem 18 meses para concluir a obra após a assinatura da ordem de serviço

Nenhum comentário