Câmara Municipal de Natal participa do desfile de 7 de setembro




 
Os festejos do 197º dia da Independência do Brasil levou milhares de pessoas até a Avenida Prudente de Morais, no bairro de Petrópolis, Zona Sul de Natal, para acompanhar o desfile Cívico-Militar neste dia 7 de setembro. A solenidade começou às 7h30 da manhã, com a revista da tropa feita pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). O evento teve concentração na Praça Cívica, onde o palanque principal das autoridades estava instalado.

Representando a Câmara Municipal de Natal, o vereador Dickson Nasser Júnior (PSDB) disse acreditar que a união de esforços de todos os brasileiros é o que pode colocar o Brasil no caminho do desenvolvimento. "Isso começa a partir das nossas atitudes pessoais. Cada um tem que fazer sua parte nas pequenas e grandes ações diárias, com civilidade e cidadania em busca do melhor para si e para o próximo".

Também presente no ato solene, o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), falou que a cerimônia possibilita que a população veja os investimentos do Poder Público em prol da segurança. "Tudo está materializado em equipamentos e equipes capacitadas para enfrentar as demandas sociais. Aproveito para destacar o bom trabalho da Guarda Municipal, que integrada com as demais corporações tem dado uma importante contribuição para a sociedade".

O efetivo militar mobilizado para o desfile contou com integrantes da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro, da Aeronáutica, da Polícia Federal, da Polícia Militar do RN, do Corpo de Bombeiros Militar do RN e da Guarda Municipal. Membros de entidades civis e alunos de escolas públicas e privadas também participaram.

De acordo com o Tenente-Coronel Aviador Leandro Barbosa Ferreira Pinto, porta-voz da Força Aérea Brasileira, as Forças Armadas estão diuturnamente dedicadas ao serviço da pátria e ao fortalecimento da soberania nacional. "O desfile cívico-militar é uma tradição. Famílias inteiras saem de suas casas para vê-lo. É uma honra fazer parte deste momento que remete à história de todos nós, brasileiros”, concluiu.

Nenhum comentário