"Sentinelas de Cristo" confirma que irá acampar na governadoria e prefeitura caso não assumam a segurança da "Ponte da Morte"

Jeinicarthe Ricardo e Pastor Rubéns, membros dos "Sentinelas de Cristo"



Após a saída dos "Sentinelas de Cristo" da Ponte Newton Navarro que aconteceu no último dia 05, uma pessoa cometeu suicídio na manhã deste domingo (07). E para responsabilizar o poder público pela omissão diante de um problema "grave", o grupo confirmou que entrará com uma "queixa crime" contra os órgãos responsáveis pela segurança da ponte.  

Nesta segunda-feira (08), uma comissão de advogados voluntários que apoiam os "Sentinelas de Cristo" tentará uma audiência com a Prefeitura de Natal e Governo do Estado para que os órgãos assumam o controle da "ponte da morte". 

Conforme Jeinicarthe Ricardo e Pastor Rubéns, membros dos "Sentinelas de Cristo" se os órgãos não apresentarem uma solução definitiva para o problema, o grupo irá acampar na governadoria e na prefeitura.

Nenhum comentário