Museu Câmara Cascudo tem programação especial de férias


O Museu Câmara Cascudo (MCC) está com uma programação gratuita para todas as idades durante as férias, com atividades que se estendem até o final de julho, entre elas oficinas ao ar livre, apresentações de teatro de bonecos e exposições. Nesta sexta-feira, 19, às 14h, acontece a oficina Ludicidade Sustentável e, às 15h, será realizada a apresentação de As bravatas de Baltazar nas terras de João Redondo, do Mamulengando, grupo de teatro de bonecos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
A oficina Ludicidade Sustentável trabalha, de forma lúdica, o aprender a cuidar do meio ambiente. A oficina parte da premissa do cuidado com a natureza para propor ações que educam e sensibilizam, como o resgate de brinquedos e as  brincadeiras populares baseadas no reuso de materiais de baixo impacto ambiental. A atividade será ministrada por Iracema Miranda, Anderson Moura, Darlane de Lima e Ellen Nogueira (Setor de Estudos Ambientais do MCC – UFRN).
Já a apresentação As bravatas de Baltazar nas terras de João Redondo traz, de maneira cômica e divertida, personagens e situações características do universo do teatro popular de bonecos, que continuam a atrair e seduzir crianças e adultos. É, portanto, um espetáculo para todos os públicos, independente de idades. A atividade tem a coordenação artística de Marcílio Santos e Bárbara Cristina (Curso de Teatro da UFRN).
O Museu Câmara Cascudo oferece ainda visitas mediadas, que possibilitam uma melhor compreensão das exposições em cartaz, que são: Engenhos: tradição do açúcarAnatomia comparadaAves e Evolução: uma perspectiva históricaIconologia: a vida passou por aqui; e Paleontologia Akangatu: patrimônio indígena no Museu da Ciência de Coimbra e no Museu Câmara Cascudo.
Outro espaço com atividades no MCC é o Parque das Ciências, que busca despertar o interesse pela cultura científica e tecnológica em crianças, jovens e adultos. Para isso, propõe atividades lúdicas, experimentais e interativas que desafiam a curiosidade e estimulam a busca pelo conhecimento nas áreas da biologia, física e química. Todas as atividades são facilitadas por mediadores.
Com informações da UFRN

Nenhum comentário