Fundo de Combate à Pobreza aprova 200 bolsas para estudantes carentes da UERN


O Conselho Consultivo do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (FECOP) aprovou nesta semana a utilização de recursos para implantação de bolsas de assistência estudantil na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).
Serão 200 bolsas mensais, no valor de R$ 400,00 cada, que serão direcionadas a estudantes da Instituição em comprovada situação de vulnerabilidade social.
A garantia foi dada ao pró-reitor de Assuntos Estudantis, Erison Natécio, na última terça-feira (25). Segundo Erison, o próximo passo é aguardar que o Conselho formalize a autorização para utilização do recurso para que a UERN solicite à SEPLAN o crédito orçamentário. Só então, a PRAE irá publicar o edital para a seleção dos estudantes contemplados com as bolsas.
“A UERN tem se empenhado para criar condições de permanência do nosso estudante no ensino superior. Apresentamos esta pauta ao FECOP, levando em consideração que 86% dos alunos da UERN são oriundos de escola pública e grande parte deles está em condições de vulnerabilidade social, e nesta semana tivemos nosso pleito atendido. Com estas bolsas a UERN vai praticamente dobrar o número de estudantes beneficiados com as bolsas ofertadas pela PRAE. Atualmente são 250 estudantes contemplados, e iremos ampliar esse número para 450”, explicou o pró-reitor.

Nenhum comentário