Fórum reúne empresários e mais de 500 jovens do Programa de Aprendizagem do Senac na Grande Natal



Realizado pelo Sistema Fecomércio RN, na manhã desta quarta-feira (26), o Fórum de Aprendizagem de Natal e Região Metropolitana reuniu cerca de 550 jovens e diversas empresas participantes do Programa de Aprendizagem Profissional Comercial, desenvolvido por intermédio do Senac RN. A programação teve como foco apresentar resultados de projetos desenvolvidos em sala de aula, promover a interação entre aprendizes, instituição e empresas parceiras, além de marcar a formatura de cerca de 80 jovens.

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Sesc e Senac, Marcelo Queiroz, destacou que o Programa traduz de maneira plena a missão do Senac. “A aprendizagem cria oportunidades tanto para o aprendiz quanto para as empresas, pois prepara o jovem para desempenhar atividades profissionais e ter capacidade de discernimento para lidar com diferentes situações no mundo do trabalho, e, ao mesmo tempo, permite às empresas formarem mão-de-obra qualificada, cada vez mais necessária em um cenário econômico em permanente evolução tecnológica. A formação técnico-profissional de adolescentes e jovens amplia as possibilidades de inserção no mercado de trabalho e torna mais promissor o futuro da nova geração. O empresário, por sua vez, além de cumprir sua função social, contribui para a formação de um profissional mais capacitado para as atuais exigências do mercado de trabalho e com visão mais ampla da própria sociedade. Mais que uma obrigação legal, a aprendizagem é uma ação de responsabilidade social e um importante fator de promoção da cidadania, redundando, em última análise, numa melhor produtividade”, avaliou Queiroz.

O Diretor Regional do Senac, Raniery Pimenta, detalhou o funcionamento do Programa, que tem como objetivo atender e qualificar jovens aprendizes na faixa etária entre 14 e 24 anos, que são encaminhados à Instituição por empresas parceiras. Ele destacou o evento como uma oportunidade de ratificar o sucesso da iniciativa. “Desde 2011, mais de 10 mil jovens foram beneficiados com as capacitações. Atualmente, são 60 empresas parcerias da iniciativa em todo o Rio Grande do Norte”, explicou.

Com cerca de um ano de duração, são ofertados pelo Senac cursos gratuitos de Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos; Serviços de Supermercados; Serviços de Atendimento em Postos de Combustíveis; Serviços Hoteleiros; Serviços de Vendas; Serviços de Restaurantes e Bar. Aprendiz da turma de Serviços de Vendas, o jovem Janderson Flavio foi um dos participantes do Talk Show realizado dentro da programação do Fórum e falou sobre seus aprendizados e expectativas dentro do Programa. “Tem sido muito enriquecedor. A gente tem a expectativa de sempre aprender algo novo e de estar sendo sempre bem instruído. Nós estamos tendo uma oportunidade única de crescer intelectualmente, como pessoas e como profissionais”, declarou.

Representando o Favorito Supermercados, a psicóloga Inez Karine Pacheco enalteceu a excelência da capacitação que os jovens aprendizes são submetidos. “Percebemos que o Senac não capacita o jovem aprendiz apenas para a formação técnica, mas também para o comportamento interpessoal, além de orientá-los sobre ética e comprometimento. Isso permite que os alunos do Senac se apresentem com um diferencial no mercado de trabalho, porque eles passam por uma metodologia que consegue alinhar a teoria da sala de aula com a prática do dia a dia no local de trabalho”.

O Fórum contou ainda com palestra ministrada pela Auditora-fiscal do Trabalho e coordenadora de Aprendizagem do RN, Sofia Gomes. A auditora apresentou estatísticas sobre a exploração do trabalho infanto-juvenil, destacando que no Rio Grande do Norte estima-se que mais de 33 mil crianças e adolescentes, com idade entre 5 e 17 anos, sofrem com a exploração do trabalho. Ela também falou sobre os impactos negativos desta prática para o futuro dos jovens afetados. “Em um contexto de dificuldades, onde temos tantos desempregados no País, o Programa de Aprendizagem é uma oportunidade de inserção qualificada no mercado de trabalho”, disse.


Sobre a aprendizagem

A aprendizagem é a formação técnico-profissional ministrada ao adolescente ou jovem segundo as diretrizes e bases da legislação de educação em vigor, implementada por meio de um contrato de aprendizagem. De acordo com a Lei da Aprendizagem, todas as empresas de qualquer natureza que tenham pelo menos sete empregados devem contratar adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos, com o objetivo de incluir, capacitar e promover o desenvolvimento profissional desse público. Dessa forma, o Programa de Aprendizagem Comercial executado pelo Senac é voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, a partir da oferta gratuita de cursos de capacitação, em áreas do comércio de bens, serviços e turismo. Essa oferta materializa a missão da instituição.

As empresas dos setores do comércio de bens, serviços e turismo recrutam e selecionam o aprendiz, que são encaminhados para qualificação no Senac. No Senac, os aprendizes têm 8h aulas semanais, enquanto na empresa devem ser cumpridas 12 horas de trabalho, por semana. Os cursos têm cerca de um ano de duração.

Outras informações podem ser obtidas no site: www.rn.senac.br/aprendizagem-profissional-comercial

Nenhum comentário