Contabilista do Comando Vermelho no NE é preso em resort na praia de Santa Rita, em Extremoz


‘Júnior Matemático’ é responsável pela contabilidade e planejamento de roubos a carros fortes em diversos estados nordestinos. Foto: Cedida/PC
Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), nessa quinta-feira, o pernambucano e integrante do Comando Vermelho Sandro Roberto da Silva Júnior, 26, também conhecido por “Júnior Matemático”.
Júnior Matemático era o responsável em fazer parte da contabilidade da facção Comando Vermelho e organizar roubos a carros-fortes em cidades nordestinas.
Os investigadores da Deicor tomaram conhecimento de que Júnior estaria residindo no RN, realizando a contabilidade e organizando roubos a carros-fortes.
Após uma denúncia anônima, os agentes localizaram o criminoso em um resort situado na praia de Santa Rita, no litoral norte potiguar. No imóvel foram encontradas várias anotações de tráfico de drogas, somando mais de 1 milhão de reais, além de planejamentos de vários roubos a carros-fortes e uma identidade funcional falsa da Polícia Civil de Pernambuco. Júnior Matemático se passava por policial civil para justificar às pessoas o porte e posse de arma de fogo na cintura.
Durante o interrogatório, ele confirmou ser integrante do CV e que realizava, mesmo à distância, a contabilidade da droga que era vendida no morro da Penha/RJ, entre outros lugares, revelando que, por mês, a facção negociava em torno de 16 milhões de reais reais e que usava a identidade falsa de policial para evitar as abordagens.
O investigado foi autuado pelos crimes de uso de documento falso, organização criminosa e associação ao tráfico. Ele ficará à disposição da justiça.
Os policiais pedem à população que denunciem, através do disque Denúncia 181 ou do Disque DEICOR 3232-2862*.


Nenhum comentário