Programa "Nosso Som Nas Escolas" terá quatro apresentações nesta semana



O Programa “Nosso Som nas Escolas” tem como objetivo valorizar e difundir o trabalho dos artistas potiguares para as novas gerações, facilitando a articulação entre esses artistas e as instituições de ensino médio e fundamental, fortalecendo a conexão da música com a escola. Nesta semana o programa terá quatro apresentações: No dia 13 a Escola Municipal Ferreira Itajubá recebe Nara Costa, no dia 15 a Escola Municipal Ivonete Maciel recebe Valéria Oliveira, no dia 16 a Escola Estadual Peregrino Junior recebe Marcos Souto e no dia 17 a Escola Estadual Tiradentes recebe Laryssa Costa.
As escolas selecionadas além de receberem "pocket shows" de artistas potiguares em suas instalações, trabalharam a carreira desses artistas como parte do complemento pedagógico, em várias disciplinas e para que este trabalho pedagógico aconteça, o projeto forneceu todo material de divulgação.
A Escola Municipal Ferreira Itajubá está trabalhando a biografia de Nara Costa com aproximadamente 100 alunos, entre 12 e 15 anos. Entre as atividades desenvolvidas está à preparação de uma música da artista pela Filarmônica Ferreira Itajubá.
A Escola Municipal Ivonete Maciel está trabalhando a biografia de Valéria Oliveira com aproximadamente 250 alunos, entre 06 e 11 anos. Entre as atividades desenvolvidas estão à leitura e interpretação das letras de suas músicas e organização de painéis tendo como tema a música “Pele Bonita”.
A Escola Estadual Peregrino Junior está trabalhando a biografia de Marcos Souto. Entre as atividades desenvolvidas está a elaboração de desenhos e um trabalho com o grupo de percussão da escola.
A Escola Estadual Tiradentes está trabalhando a biografia de Laryssa Costa com aproximadamente 180 alunos, do 6° ao 9° ano. Entre as atividades desenvolvidas estão a exibição de vídeos com entrevistas, elaboração de perguntas sobre a carreira e o trabalho da artista e a produção de trabalhos de artes visuais a partir das letras das suas músicas.
O programa Nosso Som Nas Escolas tem realização da Green Point em parceria com a Dois.a Publicidade, conta com o patrocínio da Prefeitura do Natal,  Hospital do Coração e Colégio CEI Romualdo Galvão, por meio da lei de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão, e com o apoio cultural da Conexão Enem Natal e da Escola 4 por 4 Música Arte e Cultura.
Histórico do Programa
Em 2017 com o apoio do Colégio CEI Romualdo Galvão foram realizados 16 Shows, com a participação de 20 artista potiguares, em 6 escolas, sendo 5 públicas e 1 privada, atingindo cerca de 5.000 alunos.
No segundo semestre de 2018, com o patrocínio da Prefeitura do Natal e do CEI Romualdo Galvão via Lei de Incentivo Djalma Maranhão, o Nosso Som nas Escolas teve 11 escolas parceiras (10 públicas e 1 privada) envolvendo 47 professores de 10 disciplinas diferentes com 14 pocket shows realizados e 1 oficina com a participação de 14 artistas e 27 músicos convidados.
Este ano o programa já recebeu o cantor Daniel GetUp na Escola Estadual Professor Luís Soares, Carlos Zens na Escola Municipal Professora Tereza Satsuqui Aoqui de Carvalho, Sueldo Soaress na Escola Municipal Professor Zuza , Nara Costa na Escola Municipal Irmã Arcângela e Hilkelia no CEI Romualdo Galvão.
Sobre Nara Costa
Nara Costa tem 30 anos de carreira musical Potiguar, cinco CDs gravados e alguns prêmios reconhecidos. Ela já levou a música potiguar para todo o nordeste e para algumas cidades do Brasil como Ponta Porã no Mato Grosso do Sul, junto com a Orquestra Sanfônica Potiguar. Cantou também fora do país quando esteve divulgando seu álbum “Em Cena” na Itália, CD este com a participação especial de Margareth Menezes na canção “Abraço do mar” do compositor Potiguar Arcésio Andrade. Em 2017 lançou seu último álbum CD e DVD “Gonzaguinha 70 anos” no teatro Riachuelo em Natal com a participação de Daniel Gonzaga, filho de Gonzaguinha. O show teve grande aceitação de público e crítica, e Nara o reapresentou no 6ª MPB Jazz. Em 2018 celebrou 30 anos de carreira com o show “Nordestinamente”.
Sobre Valéria Oliveira
Valéria Oliveira dedica sua vida à música desde 1991 e a partir de 2000 passou a realizar turnês internacionais, ganhando destaque no Japão, onde conheceu o baterista e produtor japonês Kazuo Yoshida, que produziu quatro dos seus nove discos de carreira. Na Europa realizou diversas temporadas de shows em países como Portugal onde participou no Sarau “Rua das Pretas” apresentado por Pierre Aderne; Áustria; Suíça, dentro da programação do Festival de Montreux; e Itália. Nos Estados Unidos cantou no Snug Harbor com a  americana Tricia Boutté. No Brasil, Valéria realizou shows no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e João Pessoa. Em shows em Natal convidou Dona Ivone Lara, a Velha Guarda da Portela, Daúde, Leila Pinheiro entre outras grandes expressões da música brasileira. Cantou com as norte-americanas Tricia Boutlé e Michaela Harrison no Projeto MPB Jazz e foi convidada de Leila Pinheiro em seu show no Teatro Riachuelo. Seu último CD, “Mirá” foi produzido por Rildo Hora, com participação de Moacyr Luz.  Valéria participa ativamente do movimento do samba potiguar e desde 2014 realiza o “Cores do Nosso Samba”, projeto voltado para a difusão do samba de raiz em formato de roda de samba.
Sobre Marcos Souto
Com quase 20 anos de estrada, Marcos Souto já é bem conhecido no cenário do samba potiguar. No início da carreira participou alguns de grupos de pagode, é ex-integrante do Grupo Arquivo Vivo, banda de samba que ajudou a fundar em 2008, e que lhe propiciou grandes momentos na música. Entre eles, os shows com Neguinho da Beija Flor (Projeto Seis e Meia, em 2008); Almir Guineto (2009); Sombrinha (2009); Aluísio Machado (2012); Toninho Geraes (Projeto Ribeira Boêmia, em 2012); e Casuarina (2013).
Também com o Arquivo Vivo, banda da qual fez parte até o ano de 2013, gravou seu primeiro CD, “Samba no Beco”, com 12 faixas, sendo duas de sua autoria: “Esse é o samba” e “Festa no coração”, esta, resultado de uma parceria com Carlos Britto. Tem mais de 40 músicas compostas, e ganhou o 3º lugar no Festival Música Potiguar Brasileira (FMPB 2016), promovido pela Universitária FM 88,9 (UFRN). Em carreira solo há pouco mais de três anos, lançou, no início de 2017, seu primeiro EP, contendo cinco músicas.
Em abril deste ano, Marcos Souto gravou seu primeiro show ao vivo, intitulado "Tudo Nosso", e que foi uma homenagem aos compositores potiguares, já que o repertório foi todo formado com músicas de autores locais. O show teve a participação de André da Mata, Carlos Britto, Ivando Monte, Nara Costa e da Rainha de Bateria e do casal de Mestre Sala e Porta Bandeira da Escola de Samba Balanço do Morro.
Sobre Laryssa Costa
Laryssa Costa é potiguar, educadora e cantora. Intérprete e defensora da música brasileira, revela suas influências no cancioneiro popular e regional com um repertório amplo, diversificado capaz de  transitar entre sambas, frevos, maxixes, bossas, cocos, cirandas, baiões, modas e chorinhos. Destaque para este último, em que consagra a cantora como uma das poucas representantes vocais do RN com um trabalho sólido e consistente em prol da divulgação e legitimação da voz  num gênero que é tido como essencialmente instrumental. Trabalho este que lhe rendeu alguns reconhecimentos a níveis nacional como matéria na Revista do Choro( mídia carioca e uma das mais importantes no mercado de comunicação relacionada à divulgação do gênero choro no Brasil), além de shows dentro e fora do estado, gravação de videoclipes e a participação em vários discos.
SERVIÇO:
NOSSO SOM NAS ESCOLAS
NARA COSTA
ESCOLA MUNICIPAL FERREIRA ITAJUBÁ
Rua dos Pegas, s/n - Quintas, Natal - RN
Dia 13 de maio, às 15h
VALÉRIA OLIVEIRA
ESCOLA MUNICIPAL IVONETE MACIEL
Rua Adolfo Gordo, 658-672 - Cidade da Esperança, Natal - RN
Dia 15 de maio, às 15h
MARCOS SOUTO
ESCOLA ESTADUAL PEREGRINO JÚNIOR
Rua Rio do Sul, S/N - Potengi, Natal - RN
Dia 16 de maio, às 15h
LARYSSA COSTA
ESCOLA ESTADUAL TIRADENTES
Rua Des. Régulo Tinoco, s/n - Barro Vermelho, Natal - RN
Dia 17 de maio, às 15h

Nenhum comentário