Polícia Civil prende suspeitos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes no RN



A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagou nesta sexta-feira (17) a operação Inocência Ferida, em alusão ao ‘18 de maio’, data instituída por lei como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Seis homens foram presos.

Segundo a assessoria de comunicação da Delegacia Geral da Polícia Civil, foram expedidos 8 mandados de prisão na capital potiguar e região metropolitana. Contudo, dois não foram cumpridos.

Em Natal foram presos cinco homens com idades que variam entre 33 e 66 anos. A sexta prisão foi a de um homem de 32 anos, em Ceará-Mirim.

A ação foi coordenada pela Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA).

18 de Maio
O 18 de maio foi instituído pela Lei Federal 9.970/2000 como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, em memória da menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, uma das mais emblemáticas vítimas de violência contra a criança no país. Araceli tinha 8 anos quando foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada, no Espírito Santo, em 1973, e até hoje ninguém foi punido pelo crime.


Com informações do G1 RN

Nenhum comentário