Exposição reforça solidariedade para um dos mais simbólicos abrigos de Natal



Abrigada no Juvino Barreto há 12 anos, Antônia Madalena, 74, será a próxima rainha aclamada na festa Mães do Juvino, que irá se realizar na próxima sexta-feira (10). Ela, ao lado de outras amigas, participou nesta terça-feira (7) da visitação à mostra fotográfica do jornalista Elias Medeiros, sediada no Salão Nobre da Assembleia Legislativa até a próxima sexta-feira (10). A amiga Maria do Céo Rodrigues, 77, também admirava os 30 quadros retratando o dia a dia e as atividades de um dos mais conhecidos abrigos de idosos da cidade.

O presidente em exercício do Legislativo do RN, deputado George Soares (PR), destacou a iniciativa: “É uma satisfação para nossa Casa sediarmos um evento com esse alcance social. Nos sentimos honrados em recebê-los mais um ano. A Assembleia estará sempre de portas abertas ao Juvino Barreto e a outras instituições, pois o nosso papel vai além da elaboração de projetos de leis”, afirmou o parlamentar, que estava acompanhado da diretora administrativa e financeira, Dulcinéa Brandão.

A mostra Mães do Juvino acontece pela quarta vez consecutiva e depois da Assembleia Legislativa, será levada ao Partage Norte Shopping, Justiça Federal, escolas e outras instituições, durante seis meses, arrecadando alimentos e material de limpeza para o abrigo, numa iniciativa que partiu do jornalista após se sensibilizar com as dificuldades dos que vivem no abrigo que já conta com 76 anos de atividades.

Para esta edição, a mostra promove a arrecadação de leite em pó a ser doado ao Instituto, em lata ou sacos. Nas edições anteriores, a iniciativa arrecadou lençóis (2016), toalhas (2017) e fraldas geriátricas (2018). A mostra será encerrada no dia 1º de outubro, quando será comemorado o Dia Mundial do Idoso.

“A festa das mães foi um pedido de uma antiga moradora do abrigo, já falecida, e a exposição fotográfica foi outra forma para obter ajuda e também levar o Juvino Barreto até aqueles que não o conhecem, para que possam se solidarizar”, afirmou Elias Medeiros.

Nenhum comentário