Vasco sofre com bom jogo do Bangu, mas vence e está na final do Campeonato Carioca

Yan Sasse comemora seu gol pelo Vasco contra o Bangu Gazeta Press


Em jogo aberto e de muitas chances, o Vasco bateu o Bangu e garantiu sua classificação para a final do Campeonato Carioca.

Bruno César, de pênalti, e Yan Sasse, com um golaço, deram a vitória ao Gigante da Colina, que vai encarar o Flamengo na, enfim, última decisão do Estadual do Rio de Janeiro.
Mas engana-se quem pensa que o Vasco teve vida fácil. A equipe da zona oeste do Rio foi melhor na maior parte do tempo e poderia, tranquilamente, também ter saído com a vaga.
O Vasco teve mais a bola no primeiro tempo, mas não sabia o que fazer com ela. Não que a marcação do Bangu estivesse muito boa. O time de São Januário simplesmente não sabia o que fazer com a bola.
Apostando em um jogo de transição em velocidade, especialmente nos contra-ataques, o Bangu se aproveitava da inoperância vascaína e dominava as ações ofensivas do jogo.
Foram pelo menos cinco chegadas com perigo só no primeiro tempo. Anderson Lessa bateu com perigo aos 14 e aos 20. Alex Chander chutou de longe aos 20 e Yaya, aos 43, bateu com força, para boa defesa de Fernando Miguel.
Ao fim do primeiro tempo, o Bangu tinha dez chutes a gol contra apenas dois do Vasco.
Mas, por não ter aproveitado bem suas chances, o Bangu acabou castigado no começo do segundo tempo.
Logo aos 3, a equipe do VAR chamou o árbitro para rever um lance em cobrança de escanteio na área. E constatou que Lucas Mineiro fora puxado por Rodrigo Lobão.
Na cobrança, aos 7, Bruno César colocou o Vasco em vantagem: 1 a 0.
O Bangu respondeu rápido, no entanto. Em contra-ataque de manual, Jefferson Paulino fez ligação direta com Jairinho, que corre pela esquerda e deixa com Dieyson. O lateral cruza rasteiro na segunda trave, e Yaya Banhoro chega para empurrar para as redes
O Vasco pareceu sentir o golpe e errou algumas jogadas, mas Yan Sasse , que entrara sob vaias aos 27 do 1º tempo, logo resolveu o problema.
O camisa 20 invadiu a área pela direita e limpou dois marcadores, antes de bater no ângulo de Jefferson e recolocar o Vasco em vantagem.
Com o placar adverso, o Bangu se lançou ao ataque, dando mais espaço para o time de Alberto Valentim chegar. Cheio de moal pelo belo gol, Yan Sasse aparecia bem à frente.
Nos minutos finais, em cobrança de escanteio, Lucas Santos bateu escanteio curto para Raul, para segurar a bola e ganhar tempo. Nervoso, Anderson Penna empurrou o vascaíno e uma confusão generalizada começou no gramado.
O juiz distribuiu cartões amarelos, esfriou a confusão e o Vasco ficou com vaga.

ESPN

Nenhum comentário