São Paulo elimina o Palmeiras em pleno Allianz Parque e vai à final do Paulista após 16 anos


Tiago Volpi comemora com Antony após defender cobrança de pênalti de Zé Rafael Gazeta Press

Em um jogo marcado por muito equilíbrio e tensão, o São Paulo eliminou o Palmeiras nos pênaltis, neste domingo, em pleno Allianz Parque, pela semifinal do Campeonato Paulista, e foi à final após 16 anos - a última havia sido em 2003.
O empate sem gols no tempo regulamentar foi marcado pelo uso do VAR, que anulou um tento para cada lado.
Liziero marcou para os tricolores no início do segundo tempo, mas o recurso de vídeo apontou impedimento. Mas tarde, Deyverson anotou para os anfitriões, mas, novamente, o monitor mostrou que o camisa 16 estava em posição adiantada.
Depois, nas penalidades, Ricardo Goulart bateu mal e chutou na trave. Tiago Volpi teve a chance de dar a vitória ao São Paulo, mas Fernando Prass defendeu. Nas alternadas, Volpi se redimiu, pegou a batida de Zé Rafael e classificou os tricolores.
Agora, o São Paulo pega o vencedor de Santos x Corinthians, que se enfrentam pela outra semifinal nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília). O duelo de ida, em Itaquera, terminou com vitória corintiana por 2 a 1.

ESPN 

Nenhum comentário