Rally RN 1500 - Prova dá início ao Brasileiro de Rally Cross Country 2019



Vai ser dada a largada para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. A prova de abertura do calendário 2019, o tradicional Rally RN 1500, terá início no dia 4 de abril em São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte. A equipe Honda Racing está pronta para defender os títulos da categoria para motocicletas no desafio potiguar e no Campeonato Brasileiro, com o atual campeão Gregório Caselani, do Rio Grande do Sul.

A equipe vermelha divide o favoritismo com outros pilotos de renome. O paulista Jean Azevedo é a maior referência nacional da modalidade e possui nada menos do que seis títulos do RN 1500 e outros 10 na classificação geral do Brasileiro de Rally Cross Country. Tunico Maciel, de Minas Gerais, é o atual campeão do Rally dos Sertões. Assim como Caselani, eles aceleram a motocicleta Honda CRF 450RX.

Na categoria exclusiva para motocicletas nacionais, o paulista Júlio “Bissinho” Zavatti, atual campeão brasileiro da Rally Brasil, é o grande destaque. Ele será o responsável pela estreia na nova motocicleta Honda CRF 250F nas provas do calendário nacional de Rally Cross Country.

O 21º Rally RN 1500 inclui quatro dias de disputas, totalizando 816 quilômetros de percurso (598 deles de trechos cronometrados). A chegada será no dia 7 de abril em Currais Novos (RN). A prova também envolve categorias para quadriciclos, carros e UTVs. 

Expectativas - O início da temporada nacional 2019 do Rally Cross Country envolve grande expectativas. “Gosto muito de competir no Rally RN 1500, que é uma prova bastante completa”, contou o atual campeão das motos Gregório Caselani. Ele também venceu a prova em 2016. “Na minha opinião, os maiores desafios serão os trechos de areia, principalmente nas dunas, e a navegação”, apontou o gaúcho.

Em busca da sétima vitória da carreira na prova potiguar, Jean Azevedo está pronto para largar. “Fiz uma preparação intensa na pré-temporada, tanto na parte física quanto nos treinos com a motocicleta. O primeiro dia de prova terá muita areia e o segundo, pedras e altas velocidades. As últimas etapas trarão desafios variados, como serras e trechos travados. Espero uma disputa intensa e equilibrada, com os pilotos mais rápidos brigando por cada segundo.”

Tunico Maciel, além da taça do Rally dos Sertões, comemorou em 2018 o título brasileiro da categoria Production Aberta. “Treinei bastante para chegar 100% no Rally RN 1500. A prova é a abertura do Campeonato Brasileiro, quero ser constante em todas as etapas do ano e mostrar que estou pronto para disputar o título brasileiro também na classificação geral das motos”, afirmou o mineiro.

Júlio “Bissinho” Zavatti, considerado o “Rei da CRF 230F” por conta do desempenho a bordo da motocicleta nacional fabricada pela Honda, ganhou mais cilindradas para a temporada 2019. “A Honda CRF 250F chegou forte no segmento off-road, preparada para qualquer desafio. Estou muito feliz e motivado por ter a oportunidade de acelerar a motocicleta em sua estreia no calendário nacional de Rally Cross Country”, concluiu.

A equipe Honda Racing de Rally Cross Country é patrocinada por ASW, Michelin, DID, Seguros Honda e Óleo Genuíno Honda. 
  
Programação*
21º Rally RN 1500

Quarta-feira (3/4)

São Miguel do Gostoso (RN) / Pousada Mar de Estrelas
9h30 - Abertura da secretaria de prova
Das 10h às 17h - Vistorias técnicas
19h - Coletiva de Imprensa. 
20h – Briefing para os competidores.

Quinta-feira (4/4)
1ª etapa - São Miguel do Gostoso / Açu (RN)
Percurso do dia: 230 km (150 km de trechos cronometrados)

Sexta-feira (5/4)
2ª etapa - Açu / Açu (RN)
Percurso do dia: 186 km (144 km de trechos cronometrados)

Sábado (6/4)3ª etapa - Açu / Currais Novos (RN)
Percurso do dia: 220 km (184 km de trechos cronometrados)

Domingo (7/4)4ª etapa - Currais Novos / Currais Novos (RN)
Percurso do dia: 180 km (120 km de trechos cronometrados)
A partir das 14h: Divulgação de resultados e premiação

Total do percurso: 816 km
Total de trechos cronometrados: 598 km


* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Nenhum comentário