Após fim da obrigatoriedade do imposto, sindicatos perdem 90% da arrecadação



No primeiro ano completo após a modernização das leis trabalhistas, que teve como protagonista o ex-deputado federal Rogério Marinho (PSDB), a arrecadação do imposto sindical caiu quase 90%. Em números, as instituições receberam R$ 3,64 bilhões em 2017 e somente R$ 500 milhões em 2018. Não foi à toa a total insatisfação dessas entidades com a implantação da reforma no país e com o relator potiguar na campanha de 2018.
Com a decisão tomada pelo presidente Jair Bolsonaro, que editou MP determinando que a cobrança seja feita por boleto após autorização dos trabalhadores, a expectativa é que esse valor caia ainda mais. É esperar.

Grande Ponto

Nenhum comentário