América perde para o Santos e está eliminado da Copa do Brasil

Foto: Richard Callis/Fotoarena)

Desta vez, o Santos não deu margem para que a zebra passasse no Pacaembu. Com uma postura ousada, que não abdicou de atacar, a equipe de Jorge Sampaoli envolveu o América-RN e saiu de campo com uma goleada por 4 a 0, na noite desta quinta-feira, em jogo válido pela segunda fase na Copa do Brasil. Os gols santistas foram marcados por Derlis González, Jean Mota, Rodrygo e Felipe Aguilar.

Com o triunfo, o Alvinegro praiano enfrentará o Atlético-GO na terceira fase do torneio. A ordem dos mandos dos jogos de ida e volta será definida em sorteio nesta sexta-feira. O Peixe volta suas atenções para o Paulistão: neste domingo, a equipe enfrenta o Corinthians, às 16h, na Arena Corinthians.

Na pressão! A opção por uma formação ofensiva fez o Santos colecionar chances. Logo a um minuto, Soteldo arriscou e foi travado pela zaga. Em seguida, Derlís González cruzou da direita e Sánchez cabeceou rente à trave. O uruguaio ainda fez Ewerton desdobrar-se para evitar chance em cobrança de falta.

Traiçoeiro...
​Contudo, os santistas, aos poucos, arrefeceram seus ânimos e deram margem para o América-RN avançar. Everson causou calafrios ao sair em falso do gol, mas Felipe Aguilar travou a cabeçada de Alison Ferreira. A equipe de Moacir júnior, que apostava em contra-ataques puxados por Hiltinho, ainda ameaçou com Ademílson.

Tempo de despertarCoube a Rodrygo fazer o Peixe retomar as rédeas. Principal válvula de escape, o camisa 11 driblou dois e esticou a Jean Mota. Após a bola passar por Soteldo, Diego Pituca alçou para a área e o cabeceio de Sánchez explodiu em Kayke. No rebote, Derlis González fulminou a rede e ratificou a superioridade santista. O Santos esteve à beira de ampliar quando González cruzou e Ewerton espalmou para o meio da área, mas ninguém aproveitou.

Jean Mota salva pontaria
O Santos voltou do intervalo ainda mais incisivo, mas penou com sua pontaria. Em rebote dado por Ewerton, Victor Ferraz finalizou, mas a bola bateu em Carlos Sánchez. Em seguida, Soteldo cruzou e Sánchez furou debaixo da trave. De tanto lutar, o segundo gol do Peixe veio, bem "chorado". Ewerton defendeu cabeçada venenosa de Sánchez. No rebote, Kaike e Derlis González dividiram e a bola sobrou limpa para jean Mota apenas estufar a rede.

Rodrygo consolida sua atuaçãoBem acionado durante a partida, Rodrygo ainda lutava para deixar o seu. O atacante foi lançado por Gustavo Henrique, mas parou nas mãos de Ewerton. Mas, em sua segunda chance na etapa final, não perdoou: lançado por Derlis, o camisa 11 surgiu entre a zaga adversária e chutou na saída do goleiro.  

Goleada é desenhadaDiante de um América-RN que só ameaçou em chance de Roger Gaúcho, o Santos seguiu ameaçando, com Jean Mota e Jean Lucas.  Até, aos 38, dar números finais à partida: Jean Mota cobrou escanteio e Felipe Aguilar cabeceou para a rede. A noite de Copa do Brasil no Pacaembu foi de final feliz para os santistas.   

FICHA TÉCNICA

SANTOS 4x0 AMÉRICA-RN

Estádio: 
Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 07-03-19 - 21h30
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS) Nota L!: 7,0 - Acertou na expulsão de Alison Ferreira. No mais, conduziu bem o jogo e acertou nas marcações.
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)
Público / Renda: 7.228 pagantes (8.295 presentes) / R$ 211.302,00 

Cartões amarelos: Alison, Gustavo Henrique, Derlis González (SAN), Adenílson, Alison Ferreira, Hiltinho (AMN)

Cartão vermelho: Alison Ferreira, 31/2º T (AMN)

Gols: Derlis González, 34/1º T (1-0), Jean Mota, 15/2º T (2-0), Rodrygo, 24/2º T (3-0) e Felipe Aguilar, 38/2º T (4-0)

SANTOS: Everson; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique (Wagner Leonardo, 26/2º T) e Diego Jean Mota; Alison (Jean Lucas, 33/2º T), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Soteldo, Derlis González e Rodrygo (Eduardo Sasha, 37/2º T). Técnico: Jorge Sampaoli

AMÉRICA-RN: Ewerton; Vinicius, Adriano, Alison Ferreira e Kaike; Leandro Melo, Diego (Alisson Brand, 32/2º T), Adenilson e Hiltinho (Roger Gaúcho, 16/2º T); Jean Patrick e Adriano Pardal. Técnico: Moacir Júnior


Fonte: O Lance

Nenhum comentário